Posts Tagged ‘internet’

Adeus Zuckerberg!

Saturday, August 17th, 2019

Estou farto do Facebook!

Duas pessoas conseguiram convencer-me que o Facebook é o inimigo infiltrado: o meu filho Pedro e o historiado Harari.

Sacar os nossos dados para melhor nos dominar, para influenciar atitudes, opiniões e votações. A vitória do “achismo” – toda a gente “acha” qualquer coisa em relação a tudo!

O Facebook é a nova cabeleireira da esquina, o lugar da fruta, o barbeiro, o taxista, o lugar onde se discute tudo, desde armas nucleares ao pé de atleta, desde a cura do cancro às virtude do aloé vera.

A Dona Celeste e o Sr. Jerónimo têm sempre algo a dizer sobre os incêndios, as greves dos motoristas, a falta de obstetras, o degelo e a proibição dos sacos de plástico. E, lá em cima, Zuckerberg e seus compinchas, recolhem os dados, submetem-nos aos devidos algoritmos e põem a Dona Celeste e o Sr. Jerónimo a votarem no Bolsonaro, ou no Trump, ou no Salvini, ou noutro qualquer aspirante a ditador que saiba manipular bem esta traquitana.

Volto às origens, onde comecei.

Foi em novembro de 1999 que O Coiso nasceu na net, com a ajuda de familiares; alguns anos depois, criei um blog de viagens no Sapo, com a ajuda de amigos.

O Facebook veio roubar esse espaço. Era mais fácil, comunicava com mais gente, era mais popular.

Mas não quero ser popular e não quero mais ajudar o Zuckerberg.

Portanto, a partir do dia 1 de Setembro, deixo o Facebook, acabando com a minha página pessoal e com as páginas Pessoas, O Tejo visto da minha janela, Abandonados e Como o Mundo é pequeno – todas estas páginas passam a ter um espaço no Sapo (as moradas estão aqui ao lado).

Bye bye Zuckerberg!

Vamos adoptar um cardeal?

Monday, March 4th, 2013

Ora aqui está uma coisa que não lembrava nem ao menino Jesus: adoptar um cardeal!

Está um tipo sentado na sala, morigeradamente enfastiado, sem saber muito bem o que fazer, quando, folheando o prestimoso Diário de Notícias, dá de caras com esta notícia.

Um grupo católico alemão, chamado Jugend 2000, decidiu criar um site onde qualquer um de nós pode adoptar um cardeal.

E para quê?

Sim, para que raio quero eu adoptar um cardeal?

Ainda poderia pensar em adoptar um cão, um gato, ou mesmo um canário… mas, um cardeal?

Pois a ideia, supostamente genial, resume-se a isto: se todos nós adoptarmos um cardeal e nos comprometermos a rezar por ele, talvez o Espírito Santo ilumine o conclave e a escolha do Papa seja acertada.

Talvez…

Para adoptar um cardeal, basta aceder a este site: http://www.adoptacardinal.org/

Depois, colocas lá o teu nome e o teu e-mail e surge-te logo o nome de um cardeal, com dados biográficos e tudo.

Acabaste de o adoptar.

Agora só tens que rezar.

Esclarece a notícia: «não se trata de um jogo, daí não ser permitido escolher o seu cardeal preferido».

cardeaisOra bolas! e eu que ia escolher o mais giro de todos, que é aquele, lá ao fundo, com aquela colcha de renda sobre o vestido cor-de-laranja…

A ideia, portanto, é atribuir-nos, aleatoriamente, um dos 207 cardeais do Colégio Cardinalício, de modo a que todos eles tenham alguém que reze por eles.

Suspeito que seja um fracasso.

Se, em vez de “adopta um cardeal”, fosse “despe um cardeal” ou “dispara sobe um cardeal”…

Uma ministra como deve ser!

Friday, September 14th, 2012

Karina Bolaños era ministra da Cultura e da Juventude da Costa Rica.

E digo era porque, infelizmente, foi demitida em Julho passado pela presidente Laura Chinchilla.

Tudo porque um malandro colocou, na net, um video em que Karina, 39 anos, em cuecas e soutien, diz para alguém “te amo, te amo, mi vida, todo esto que vês aqui es tuyo, ti amo” e outras coisas deste género.

http://videos.sapo.pt/JS7ZMTbai0ZNupei6zI7

Injustiça, claro!

Nós temos ministros e ministras que dizem coisas muito piores e ainda ninguém os demitiu…

É que Karina, como se vê pelo vídeo, tinha tudo para ser uma excelente ministra da Cultura (a poesia das palavras que profere, o enquadramento da filmagem, a lembrar a nouvelle vague…) e uma óptima ministra da Juventude (os 39 aninhos, o rabo de cavalo, a qualidade da lingerie…).

Enfim, não se compreende por que foi demitida!

Mas Karina não se ficou.

Não se ficou e decidiu posar nua para a revista Interviu, aproveitando para deitar abaixo a presidente da Costa Rica.

Karina diz que Laura Chichilla (que raio de nome!) só protege os corruptos e que utilizou o referido vídeo como forma de ofuscar os negócios escuros em que estará envolvida.

Não sabemos que espécie de negócios são esses, mas lá que o vídeo da Karina ofusca muita coisa, não há dúvida.

Esta tarde pensei, várias vezes, na possibilidade de alguma das nossas ministras fazerem um vídeo semelhante.

Talvez com a divulgação de tais vídeos, Passos Coelho conseguisse desviar a atenção das medidas de austeridade…

Considerem-me apóstata

Saturday, March 26th, 2011

No Facebook existe um grupo “apostasia: como abandonar formalmente a Igreja Católica”.

O semanário Expresso dá disso notícia, na sua edição de hoje.

Se quiseres deixar de ser católico, formalmente, deves preencher o tal formulário, que inclui o dia e o local do baptismo; deves anexar uma cópia da certidão de baptismo, enviar uma cópia do BI ou do cartão de cidadão; tudo deve seguir em carta registada, com aviso de recepção; deves juntar ainda um envelope selado e endereçado ao remetente, para que a paróquia te remeta a certidão de baptismo com o acto de apostasia averbado.

No caso de o processo não ser aceite, deves contactar o bispo da diocese.

Em último caso, falas directamente com Deus.

Resumindo: desbaptizar é mais complicado que baptizar.

Ora, se é certo que Deus está em toda a parte, é óbvio que está na internet.

Sendo assim, Deus, considera-me apóstata.

 

Deus regressa a O Coiso

Wednesday, December 1st, 2010

Deus esteve sempre disponível para os visitantes do Coiso, só que andava escondido, nos meandros do Velho Coiso.

Mas Deus merece melhor.

Portanto, aí está, de novo, o link que vos envia directamente para Ele.

Está aqui, em www.deus.com e logo aí ao lado, na coluna dos Coisos da Família – até porque Deus é cá dos nossos…

Meo tanga

Tuesday, November 30th, 2010

No mês passado decidi contratar a Zon Fibra.

Marquei a instalação. Telefonaram na véspera a confirmar. No dia aprazado, ninguém apareceu. Telefonei a indagar. Depois de muitas teclas batidas, do lado de lá da linha, e depois de muitos muito obrigado por ter esperado, Sr. Artur, disseram-me que não estava nada agendado.

Mudei de operador. Logo.

Liguei para o Meo.

Uma semana depois, tinha telefone, internet e televisão HD. Do Meo.

Sábado passado, já não tinha nada.

Nem telefone, nem internet, nem televisão.

Esperei por domingo. Telefonei. Depois de muito obrigado por ter aguardado, Sr. Artur, ordenaram-me que desligasse os equipamentos da corrente, por esta ordem: primeiro a box, depois o router e depois o não-sei-quê.

De cu para ar, com o telemóvel (que ainda é da Zon…) encostado ao ouvido, desliguei tudo.

Aguarde uns minutos.

Aguardei.

Agora ligue os aparelhos pela mesma ordem.

Liguei.

Aguarde uns minutos.

Aguardei.

Obrigado por ter aguardado, Sr. Artur – diga-me como é o estado das luzes no router, por favor.

Pois a primeira está ligada, as outras duas piscam e a da internet e a do telefone, estão apagadas.

Aguarde mais alguns minutos.

Aguardei.

Em resumo: 23 minutos depois, 6 euros e qualquer coisa de chamada (a chamada só é gratuita se for da rede PT), a menina diz-me que tem que mandar um técnico cá a casa.

Pode ser amanhã, das 18 às 20h?

Pode.

Não apareceu ninguém.

Mas também não me chateei porque o serviço foi retomado, assim, de repente.

Ontem, a meio do Barcelona- Benfica, o serviço foi ao ar!

Liguei para o apoio ao cliente, mais uma vez.

Expliquei tudo.

Muito obrigado por ter aguardado, Sr. Artur: trata-se de um problema na sua zona. Já lá está alguém a tomar conta do assunto e o serviço deve ser retomado dentro de 24 horas.

Então e por que estive eu, ontem de cu para o ar, a ligar e a desligar equipamentos.

Pois, isso foi porque ainda não tínhamos um “tec” aberto (?)

Então e como poderei ser ressarcido de três dias sem serviço?

Ah, para isso vou passar ao meu colega das reclamações.

Desliguei.

É preciso ter fibra para aguentar estes gajos da fibra!

Precisão – até no erro!

Thursday, March 11th, 2010

Ontem à noite verifiquei que estava sem televisão, sem internet e sem telefone fixo.

É o que dá colocar todos os ovos no mesmo cesto.

Liguei para o Apoio ao Cliente da Zon e atendeu-se um Gonçalo qualquer.

Muito simpático e aparentemente feliz por estar a falar comigo, o Gonçalo Qualquer, depois de indagar o meu número de cliente e de consultar O SISTEMA (sempre com letra grande), informou-me que, de facto, havia uma avaria na minha zona.

Mais me informou que a avaria estava a ser resolvida e que havia uma previsão: estava previsto que o problema fosse resolvido às 0h32 do dia 11 de março.

Não às 0h30, não pouco depois da meia-noite, não por volta da meia-noite e meia, não ainda antes da uma da manhã – mas sim, às 0h32!

Claro que esta manhã, quando acordei, continuava sem televisão, sem internet e sem telefone fixo.

O Gonçalo Qualquer enganou-se – mas com muita precisão!…