“The Devil Wears Prada”, de David Frankel

diabovesteprada.jpgSe o diabo veste Prada, será que deus veste Boutique da Alcofa?

É esta a grande questão de mais um filme tipo gata borralheira. A menina-que-não-quer-saber-da-moda-para-nada, mas que quer ser uma grande jornalista (Anne Hathaway), arranja emprego como assistente da directora de uma grande revista de moda, a Sra. D. Miranda (Meryl Streep).

A Sra. D. Miranda quase nunca olha ninguém nos olhos, nunca levanta a voz, dá ordens e não tolera que a ponham em causa.

A gata borralheira, a pouco e pouco, aprende a vestir-se com estilo, arranja o cabelo e até fica com a cintura mais fininha: está a subir na vida e na consideração da D. Miranda. Até vai com ela para Paris e para a cama com um D. Juan nova-iorquino. Mas perde o namorado e a dignidade.

Então, desiste do emprego, volta a vestir-se como antigamente e reconquista o namorado.

A D. Miranda escreve-lhe uma carta de recomendação e a gata borralheira arranja emprego como jornalista no New York Mirror.

Se não estivéssemos de férias, o dvd bem podia ter ficado na prateleira do videoclube.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.