O patrocínio de Deus

Cristo vendeu-se à Samsung.

Não foram revelados os montantes, mas é de crer que, em troca da publicidade, a Samsung tenha oferecido ao filho do carpinteiro, no mínimo, um plasma HD, um sistema surround e um blue-ray.

A Samsung entregou, no Céu, estas e outras vitualhas, porque Cristo não iria descer à Terra para as buscar.

Se descesse, lá teríamos que aturar o Marcelo Rebelo de Sousa como candidato a líder do PSD.

Vantagem: ao chefiar o PSD, Marcelo deixaria de fazer as suas homilias, ao domingo à noite, na RTP.

Questão pertinente: se a Samsung patrocina Cristo, quem patrocinará Deus?

A Philips? A Pioneer? A Sony?

Como ateu, tenho dificuldade em perceber estas coisas teológicas…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.