Cancer made in USA

Hugo Chávez pensa que descobriu a pólvora!

Perante o facto de diversos líderes da América Latina estarem em luta contra o cancro, Chavez interroga-se.

Foi o camarada Fidel a começar, o que é normal, já que ele é o líder espiritual e ideológico da esquerda latino-americana. Cancro do cólon. Renunciou ao cargo de chefe de Cuba, e entretém-se, na sua convalescença eterna, a experimentar fatos de treino.

Seguiram-se: a Presidenta Dilma, com um linfoma aparentemente debelado, Fernando Lugo, do Paraguai, também com linfoma, o próprio Chavez, com cancro da próstata, Lula da Silva, com cancro da laringe e, finalmente, Cristina Kirchner, da Argentina, com cancro da tiróide.

Diz Chávez: «seria assim tão estranho que os EUA tivessem desenvolvido uma tecnologia para espalhar o cancro e isso só se descubra dentro de 50 anos?».

Ó palerma – isso já eles inventaram há décadas!

Chama-se bomba atómica e provocou milhares de cancros nos japoneses!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.