Posts Tagged ‘ministros’

A Matemática do Crato

Sunday, October 12th, 2014

Em 2008, o professor de Matemática Nuno Crato publicou um livro com o título “A Matemática das Coisas”.

Nuno Crato livroUma amiga ofereceu-mo, mas confesso que nunca o li. Não que tivesse algum preconceito contra o professor do ISEG, mas apenas porque nunca fui muito amigo da Matemática e ela também nunca gostou muito de mim.

O livro reúne pequenas histórias, mais ou menos relacionadas com a Matemática, que Nuno Crato publicou no Expresso.

No final do prefácio, assinado pelo próprio, diz-se: «as histórias matemáticas são histórias de sucesso».

Um coisa boa já resultou da bagunça que se vive no Ministério de Crato: fui buscar o livro a uma das minhas estantes e aproveitei para limpar-lhe o pó.

Ao livro, claro…

Portanto, estava convencido que Nuno Crato, além de professor de Matemática e de Estatística era, também, de certo modo, escritor.

Confesso, portanto, que fiquei um pouco surpreendido quando o vejo fazer parte do ministério de Passos Coelho, como ministro da Educação.

Não é habitual professores-escritores aceitarem meter-se nessas andanças, embora haja antecedentes.

Recorde-se que o Governo de Sócrates também teve uma ministra da Educação escritora e uma ministra da Cultura pianista.

Mas são as excepções.

Temos, portanto, que Crato é professor, escritor e ministro.

Mas eis que uma fórmula matemática lixa Crato e instala-se o caos na colocação de professores.

Hoje mesmo, no Pública, relata-se o caso de um professor que ficou colocado em 75 escolas, mesmo depois de ter desistido do concurso!

Crato pediu desculpa, já sabemos.

E o Diário de Notícias enche a segunda página da edição de hoje com revelações sobre o que se passa no Ministério.

O subtítulo da notícia é: «Gabinete do ministro é a sala de operações onde juristas e técnicos tentam resolver os problemas dos concursos».

Sala de operações?

Então, Crato, além de professor, escritor e ministro, é também cirurgião?

Só que o título da notícia cita uma frase proferida por Crato: «Temos aqui um fogo e vou ter de ser eu a apagá-lo!»

Ora toma!

Afinal, Nuno Crato é professor, escritor, ministro, cirurgião e bombeiro!

“A Matemática das coisas”?

Não – coisas da Matemática!…

nuno crato erro

Maria Luís não mente, embora não fale verdade (breve explicação)

Saturday, July 27th, 2013

O problema começa no nome.

A senhora não se chama Maria Luísa, mas sim Maria Luís. Este nome contraditório, metade feminino e metade masculino, diz tudo sobre a personalidade da nova ministra das Finanças.

Não mente nem fala verdade.

maria luis_minto

Coisas…

Friday, April 12th, 2013

1. Relvas substituído por dois ministros?

Está certo… Relvas é plural…

2. Poiares Maduro é um do novos ministros.

Farto de ser acusado de estar verde para governar, Passos nomeou um ministro Maduro…

Ménage a trois

Saturday, March 9th, 2013

O ministro da Defesa afirmou:

«Temos um oficial para cada dois soldados».

Libertinos!

Afinal é revisitar, não é refundar!

Friday, November 2nd, 2012

A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, não gosta do termo refundar.

Nisso estamos de acordo.

Diz a senhora que prefere a expressão “revisitar as funções sociais do Estado“.

E confirmou que os cortes na Justiça, Administração Interna e Defesa, serão de 500 milhões.

Parece, portanto, confirmar-se o que se diz por aí: o governo, com a prestimosa ajuda dos técnicos do FMI, prepara-se para cortar os tais 500 milhões e mais 3500 milhões na Saúde, na Segurança Social e na Educação.

Depois dessas reformas concluídas, a ministra Paula já não poderá “revisitar as funções sociais do Estado”, pela simples razão de que não restará nenhuma!

Uma ministra como deve ser!

Friday, September 14th, 2012

Karina Bolaños era ministra da Cultura e da Juventude da Costa Rica.

E digo era porque, infelizmente, foi demitida em Julho passado pela presidente Laura Chinchilla.

Tudo porque um malandro colocou, na net, um video em que Karina, 39 anos, em cuecas e soutien, diz para alguém “te amo, te amo, mi vida, todo esto que vês aqui es tuyo, ti amo” e outras coisas deste género.

http://videos.sapo.pt/JS7ZMTbai0ZNupei6zI7

Injustiça, claro!

Nós temos ministros e ministras que dizem coisas muito piores e ainda ninguém os demitiu…

É que Karina, como se vê pelo vídeo, tinha tudo para ser uma excelente ministra da Cultura (a poesia das palavras que profere, o enquadramento da filmagem, a lembrar a nouvelle vague…) e uma óptima ministra da Juventude (os 39 aninhos, o rabo de cavalo, a qualidade da lingerie…).

Enfim, não se compreende por que foi demitida!

Mas Karina não se ficou.

Não se ficou e decidiu posar nua para a revista Interviu, aproveitando para deitar abaixo a presidente da Costa Rica.

Karina diz que Laura Chichilla (que raio de nome!) só protege os corruptos e que utilizou o referido vídeo como forma de ofuscar os negócios escuros em que estará envolvida.

Não sabemos que espécie de negócios são esses, mas lá que o vídeo da Karina ofusca muita coisa, não há dúvida.

Esta tarde pensei, várias vezes, na possibilidade de alguma das nossas ministras fazerem um vídeo semelhante.

Talvez com a divulgação de tais vídeos, Passos Coelho conseguisse desviar a atenção das medidas de austeridade…

Assunção e o ovo

Thursday, September 13th, 2012

A ministra Assunção Cristas discursava, em Santarém, quando alguém lhe atirou com um ovo.

Acho mal.

Assunção é ministra da Agricultura, do Ambiente, do Mar e do Ordenamento do Território.

Por isso, além do ovo, deviam ter-lhe atirado com um eucalipto, um chicharro e uma placa toponímica.

De qualquer modo, o ovo não atingiu Assunção.

Não foi ela que se mexeu – foi o ovo.

Era um ovo mexido…

Fé em Cristas

Sunday, February 26th, 2012

Assunção Cristas (a Sãozinha, para os colegas da cataquese) acredita que vai chover.

É uma questão de fé.

Disse ela:

“Devo dizer que sou uma pessoa de fé, esperarei sempre que chova e esperarei sempre que a chuva nos minimize alguns destes danos. Como é evidente, quanto mais depressa vier, mais minimiza, quanto mais tarde, menos minimiza. Se não vier de todo, não perderei a minha fé mas teremos obviamente de atuar em conformidade”.

O grau de complexidade deste raciocínio da ministra do MAMAO (Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento), merece ser escalpelizado.

Graças a estas afirmações da Sãozinha, ficamos a saber que:

1º A ministra é uma pessoa de fé

2º A ministra esperará, sempre, a chegada da chuva

3º Se a chuva chegar, a seca será minimizada

4º Se a chuva chegar mais depressa, a seca mais depressa será minimizada

5º Se a chuva chegar mais tarde, a seca será minimizada mais tarde

6º Mesmo que a chuva não chegue, a ministra não perderá a sua fé

7º Nesse caso, atua

Não tarda, vamos ver o MAMAO a financiar paróquias da província para que os padres rezem a pedir chuva ou, até, a organizar uma grande peregrinação a Fátima, a ver se chove.

Não percas a fé, Cristas, mas não rezes demasiado ou ainda levamos com algum dilúvio!

Da lambreta ao Audi

Monday, November 28th, 2011

O ministro Mota Soares deu nas vistas quando chegou à tomada de posse deste governo, conduzindo uma lambreta.

Quis dar o exemplo. Estamos em crise, temos que poupar combustíveis – e Mota foi de mota.

Mas a poupança passou-lhe depressa.

Agora, o Mota anda de Audi.

Segundo o Correio da Manhã, Mota Soares faz-se transportar num Audi de 86 mil euros.

Suspeito que foi a Angela Merkel que telefonou ao Paulo Portas e lhe disse, em tom áspero: “Mas que merda é essa? Então o teu subordinado anda de mota em vez de usar um dos nossos carros? O gajo não tem um Mercedes, um BMW, um Audi?!

E Portas obrigou Mota a trocar a mota pelo Audi.

Isto é a nova União Europeia…

Luis Filipe Vieira a ministro!

Tuesday, August 2nd, 2011

O BPN já nos custou 2,4 mil milhões de euros.

Foi agora vendido ao BIC por 40 milhões, apesar de haver outra proposta que oferecia 100 milhões.

Luis Filipe Vieira comprou o guarda-redes Roberto por 8,5 milhões de euros ao Saragoça.

Depois de um ano de péssima exibições, o mesmo jogador foi vendido ao mesmo Saragoça, por mais 100 mil euros.

Conclusão: Luis Filipe Vieira devia ser nomeado ministro da Economia!