Razões atendíveis

O PSD quer substituir, na Constituição, o despedimento por justa causa pelo despedimento por “razões atendíveis”.

Lista de razões atendíveis para despedir um gajo: cheirar mal dos pés, ser gordo, ser mariconço, ser do FCP, ter tiques, suar muito, ter mau hálito, ter voz aflautada, dar traques, não gostar de anedotas, ter a mania que é esperto, ter herpes labial, ter caspa, ter muito sucesso com as gajas, ser marreco, ser zarolho, ser gago, ter eczema, usar óculos, ser coxo, ser muito alto, ser muito baixo, ser muito magro, fazer más digestões, ter mau gosto no vestir, dizer que sim a tudo, não tomar banho, tomar demasiados banhos, usar um perfume horrível, ter barbicha, ter patilhas, ser careca, acreditar em OVNIS, ser ateu, ser muçulmano, ser cristão ortodoxo, ser budista, ser hindu, ser católico, ser luterano, fazer yoga, ser vegetariano, ter os olhos muito juntos, ter as sobrancelhas muito cerradas, ter um grande par de mamas, ser absurdamente boa, ser simpático demais, ser vira-casacas, ser palerma, ser do PSD.

Eu não vos disse que o tipo me fazia lembrar Anhuca, o palhaco?…

Tags: , , , , ,

3 Responses to “Razões atendíveis”

  1. pitroile says:

    Ser Portugues tambem vai ser considerado…

  2. Pisca says:

    Ter o Coiso nos favoritos, mesmo em casa, também é “motivo atendível”, se for no Magalhães ainda pior dá processo criminal

Leave a Reply