Trabajo, sí – Rumba, no!

Quatro mil utentes de Alpiarça estão sem médico de família porque os médicos cubanos contratados pelo Ministério da Saúde chumbaram no exame de Português da Ordem dos Médicos.

Cubanos patetas…

Tivessem feito como o Relvas…

One thought on “Trabajo, sí – Rumba, no!

Leave a Reply to jose cascao da silva Cancel reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.