“The Departed”, de Martin Scorcese

departed.jpgCom Scorcese temos sempre duas garantias, pelo menos: uma história bem contada e boas interpretações.

“The Departed” (nem vale a pena mencionar o título em português) passa-se em Boston e trata da máfia irlandesa, retratada na personagem de Frank Costello (Jack Nicholson), que se pavoneia a seu bel-prazer, porque sabe que tem a protecção de alguns elementos da polícia local e do FBI.

Duas outras personagens surgem, em paralelo: Matt Damon, interpretando um protegido de Costello desde a infância e que vai para a academia de polícia, com a missão de se transformar num infiltrado da máfia; e DiCaprio, também aluno da academia e que, devido às suas excelentes capacidades, se vai transformar em infiltrado da polícia na organização de Costello.

A partir daqui é só porrada e mau viver, jogos duplos, vinganças, delações, falsas fidelidades e um jogo do gato e do rato constante, até porque “rat” significa traidor.

No fim, morrem quase todos mas, o que mais me impressionou, foi ver o Di Caprio igualzinho ao Pedro, caramba!

4 thoughts on ““The Departed”, de Martin Scorcese

  1. Gostei bastante deste filme. Andaram a dar alguns prémios ao Di Caprio pela interpretação em “Black Diamond”, que também não é mau, mas no “The departed” esteve muito melhor.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.