“Romance & Cigarettes”, de John Turturro

romancecigarros.jpgTurturro (realizador) e os irmãos Coen (produtores executivos), deviam estar com uma grande pedra quando fizeram este estranho filme musical. Isso mesmo, musical.

James “Soprano” Galdolfini é Nick Murder, um operário da construção civil que fuma que nem uma chaminé. Dependente da nicotina, Nick Murder “is murdered by the nicotine”. É casado com uma dona de casa e costureira (Susan Sarandon) e tem três filhas, uma delas adoptada (Aida Turturro) e um pouco atrasada.

Nick engana a mulher com uma prostituta ou vendedora de lingerie erótica (não cheguei a perceber), interpretada por Kate Winslet, que diz mais palavrões por segundo do que o próprio Steve Buscemi, que entra em apenas três cenas, para dizer “fuck” quinhentas vezes.

E o toque final é dado por Christopher Walken, que canta e dança uma deliciosa “Delilah”, com a voz de Tom Jones em fundo.

Boa, também, é a interpretação que Sarandon faz de “Piece of my heart”, de Janis Joplin, acompanhada de um coro de igreja.

E é assim mesmo: em ambiente suburbano decadente, um grupo de americanos românticos canta e dança grandes canções de amor, ao mesmo tempo que se insultam mutuamente.

Filme estranho, entre o divertido e o claramente piroso.

Por que carga de água Turturro e os Coen fizeram um filme destes?

Porque podem.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.