PSD aposta nas novas gerações

Foi com surpresa que soube que as eleições, no PSD, tinham sido ganhas pela líder da Juventude Social-democrata, a Manuela Ferreira Leite. Não estava nada à espera que os militantes do PSD tivessem a coragem de escolher uma quase desconhecida para liderar o partido na sua luta contra Sócrates, já no próximo ano.

Fizeram bem em romper com o passado. Quem é que aturava mais o Pedro Passos Coelho, dirigente nacional desde a pré-primária ou o Pedro Santana Lopes, que já foi presidente de quase tudo, do Sporting à Câmara de Lisboa?

Ao menos com a Manuela, que nunca teve um cargo público, vai ser tudo novo.

A miúda parece ter jeito.

Logo depois de conhecidos os resultados, e depois de dar um grande abraço a outro puto que vai ter muito futuro no partido, o Pacheco Pereira, Manuela virou-se para os seus apoiantes e fez um discurso completamente vazio de ideias, repleto de lugares comuns e de conversa fiada, como se já fosse uma política com longa experiência.

Quero, portanto, dar os meus parabéns aos militantes do PSD pela coragem em escolherem uma desconhecida para os comandar. Se todos os partidos fossem como o PSD, o país seria, no mínimo, mais divertido.

3 thoughts on “PSD aposta nas novas gerações

Leave a Reply to Pedro Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.