PAC pior que Sheltox

Um grupo de cientistas da Universidade de Liverpool elaborou um estudo para a Organização Mundial de Saúde, segundo o qual, a Política Agrícola Comum foi responsável pela morte de mais de 12 mil pessoas, todos os anos, nos países da União Europeia, pelo menos, até 2004, quando a UE era apenas a 15.

Exceptuando os cigarros, os principais factores de risco para doença cardiovascular são a tensão elevada e o colesterol e a PAC subsidiou, ao longo dos anos, a produção de carne, de leite e de manteiga. A PAC pode ser considerada como «um sistema desenhado para matar os europeus através de doenças coronárias» (palavras do estudo, citadas pelo DN).

Nos anos 60/70, o slogan do Sheltox, contra baratas e formigas, era “Mata que se farta”.

Pelos vistos, a PAC mata mais que o Sheltox!

A sério: a PAC pode ser uma grande treta, uma grande negociata – mas daí a considerá-la responsável pela morte de milhares de europeus, só porque subsidiou a produção de alimentos gordos, parece-me um pouco exagerado, tipo teoria da conspiração.

É como dizer que Durão Barroso é o culpado de milhares de mortos, no conflito do Iraque, porque recebeu, nos Açores, Bush, Aznar e Blair.

E daí…

3 thoughts on “PAC pior que Sheltox

  1. Olá
    De acordo,como habitualmente, com tudo o que o Artur escreve.Mas …
    Há um erro no seu texto. O Shelltox era um insecticida de spray, e em princípio usava-se contra moscas, melgas e mosquitos ( e não bichos rastejantes.
    Sei isso porque a campanha de publicidade era,basicamente minha.

  2. Bichos rastejantes… durão barroso, blair, bush, aznar… Faz sentido.
    Peço desculpa pelos dois erros: Shelltox tem 2 éles e não fazia mal às baratas e formigas.

  3. O que matava moscas, melgas e mosquitos era o Mafú. “Mafú mata bem e mata mesmo. Mafú! Mafú! Maaffúúú!!! É o seu insecticida!!

Leave a Reply to Artur Cancel reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.