O melhor povo do mundo

Gaspar é um ministro sádico.

Primeiro, informa que nos vai ao bolso, com um enorme aumento de impostos; depois, passa-nos a mão pelo pelo, dizendo que somos o melhor povo do mundo.

O seu homónimo rei mago, ofereceu mirra a Jesus; Gaspar, o ministro, oferece-nos uma porra!

Ele quer que fiquemos mais pobres.

Ao ouvi-lo, veio-me à memória aquela cantiga reaccionária da Amália, que dizia assim: “A alegria da pobreza/ está nesta grande riqueza/ de dar, e ficar contente”.

Pobres mas honrados.

Cheira a Salazar.

Gaspar é sádico.

Fode-nos e depois dá-nos beijinho…

4 thoughts on “O melhor povo do mundo

    1. Agora, é pecado dizer que, no fundo, a pobre da Amália era uma simples cantante que muito fez pelo salazarismo, mesmo que tenha sido involuntariamente (o que duvido)

  1. Artur, parabéns por lembrar uma das mais asquerosas cantigas da “brandura de costumes” e que parecem querer reviver cada vez mais

    Não é por acaso que em substituição do “Atestado de Pobreza”, ainda vão descobrir o “Cartão de Pobrezinho”, para se poder ir à Cantinas Sociais do Lambretas

  2. O Louçã Gaspar tem muito do António. Em geral o governo
    querer-nos-ia de volta para aa décadas de 50/60. Seria bom se nós o mandassemos para lá.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.