One thought on “Não se importa de repetir?

  1. “em todas as comparações internacionais”, o que é que isto quer dizer? Será que está fora do contexto.
    Ou será que o Louçã está a ficar senil, precocemente. Eu gostava de perceber, sempre o achei uma pessoa intiligente. Mas estou a ficar com dúvidas.
    Provavelmente ele tem razão, professor universitário de economia e finanças, salvo erro, gostava de perceber o que é que temos a ganhar com a apresentação da moção de confiança.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.