Indiana Jones e o reino dos marxistas-leninistas

Escrevi, no meu texto sobre o novo filme do Indy que, em 1981, “os meus amigos-intelectuais-de-esquerda torceram o nariz a tanto divertimento e acharam que o filme era mais um panfleto publicitário do imperialismo norte-americano”.

Referia-me ao “Raiders of the Lost Arch”, no qual, Indy defrontava e derrotava um exército de nazis, que tentavam sacar a Arca da Aliança.

Neste quarto filme, o vilão é uma militar soviética, interpretada por Cate Blachett, que estuda fenómenos para-normais e que acredita que as caveiras de cristal têm um poder extra-terrestre.

Os comunistas de São Petersburgo não gostaram. Apesar de poder haver alguma coisa que se perde na tradução, aqui estão excertos de um comunicado dos marxistas-leninistas, guardiões da Verdade:

O filme de Indiana Jones tem por objectivo «criar na juventude moderna uma ideia deturpada da política externa soviética da URSS nos anos 50 do século XX. (…) Vincamos decididamente a nossa profunda indignação face à estreia na Rússia do filme-provocação, resíduo da guerra fria, pasquim nojento. (…) O filme apresenta, de forma caricatural e feia, as acções dos soldados soviéticos e dos nossos serviços secretos, que são cínica e cruelmente liquidados pelo super-herói americano Indiana Jones. Semelhantes invencionices formam, na nova geração de russos disposições (?) decadentes, falta de confiança no poderio do seu país e adoração pelos Estado Unidos. (…) Lançamos um apelo aos espectadores para assobiar o filme durante a estreia nas salas de cinema de São Petersburgo e enviar cartas de protesto aos fantoches do imperialismo Harrison Ford e Cate Blanchett».

Tudo isto soaria a anedota se não fosse verdade. Spielberg pensou que, ao escolher os soviéticos para maus da fita, não iria causar grandes danos – de facto, hoje em dia, quem defende o regime soviético?

Enganou-se. Saudosistas há muitos. Saudosistas que levam a sério um simples filme de aventuras e vêem nele algo de politicamente influente para a sua própria juventude…

Para a próxima, Spielberg terá que inventar uma raça de vilões, ou trazê-los de outro planeta…

3 thoughts on “Indiana Jones e o reino dos marxistas-leninistas

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.