Posts Tagged ‘psd’

A dieta de Hitler

Friday, May 27th, 2011

O PSD tem um jeito especial para escolher os seus candidatos.

Como cabeça de lista por Viana do Castelo escolheu um senhor, chamado Carlos Abreu Amorim, que é professor na Universidade do Minho e que, desde há algum tempo (pouco), se tornou conhecido por assinar crónicas no Correio da Manhã e no Diário de Notícias.

CAA auto-intitula-se liberal e diz que é muito difícil ser liberal em Portugal.

Claro que é muito difícil ser várias coisas em Portugal. Jogador de hóquei sobre o gelo, por exemplo. Ou fotógrafo de corais. Ou senador.

O Sr. Amorim, faz questão de ser liberal em qualquer circunstância, incluindo à mesa.

Por isso, é obeso.

Por isso, calhou-lhe mesmo bem entrar nesta campanha eleitoral, uma vez que isso o obriga a andar.

No final de mais uma acção de campanha, o Professor Amorim afirmou, segundo o extremamente democrático jornal O Sol: «sabe que o Hitler perdia 4 kg de cada vez que discursava? É essa a minha esperança?»

Tão liberal é o Professor que até tem esperança que se possa comparar com Hitler nos discursos e na perda de peso.

Mas, convenhamos: à razão de 4 kg por discurso, Carlos Abreu Amorim terá que discursar, pelo menos, vinte vezes.

Que Hitler o ajude!…

Vamos discutir pintelhos!

Thursday, May 12th, 2011

Eduardo Catroga mostrou, mais uma vez, toda a sua ignorância ao dizer aos jornalistas que “andam a discutir pintelhos, em vez de discutir coisas mais sérias”!

Sr. Eduardo: os pintelhos são uma coisa muito séria e só me admira que uma pessoa da sua idade ainda não se tenha apercebido disso.

A menos que, devido exactamente à idade, já os tenha em tão pouco número, que já não lhes liga a devida importância.

Repare, Sr. Eduardo: se a pintelheira não fosse importante, teríamos as parte pudendas glabras (se é que conhece o termo…).

Digo-lhe: estou verdadeiramente preocupado com o senhor.

Começa por dizer que a sua “geração só fez porcaria“, depois engana-se na taxa do IVA da cerveja, confundindo-a com a do vinho (sacrilégio!) e agora vem dizer que os pintelhos não são um assunto sério!

Só de pensar que o senhor poderá vir a ser ministro das Finanças, até se me arrepelam os pêlos.

Incluindo os pintelhos!

É difícil ser liberal, caramba!

Saturday, April 16th, 2011

Há um senhor chamado Carlos Alberto Amorim, que escreve umas crónicas no DN, que é liberal à brava.

E todos sabemos como é difícil ser liberal em Portugal…

Tão difícil, tão difícil que o mail de CAA até é difícilserliberalemportugal@gmail.com

Tão difícil, tão difícil que o homem até vai ser cabeça de lista por Viana do Castelo, por um dos partidos que mais mama na teta do estado, o PSD!

Medíocres

Wednesday, April 13th, 2011

Bom conselho, o de Relvas.

Cada vez que Passos Coelho fala, dá um tiro no pé.

Disse que tinha sido informado do PEC-4 por um simples telefonema e, afinal, encontrou-se com Sócrates, a sós, em São Bento.

Não consegue que dirigentes destacados do PSD aceitem fazer parte das listas de candidatos a deputados, caso de Luis Filipe Menezes, António Capucho, Marques Mendes ou Manuela Ferreira Leite.

Volta-se, então, para um senhor que, ainda em fevereiro, dizia que nunca aceitaria candidatar-se a um cargo partidário. “Categoricamente não!”, exclamou Fernando Nobre.

Era tudo a fingir, claro!.

O homem quer é ser presidente!

E já que o povo não o elegeu presidente da República, não se importa de ser eleito deputado pelo PSD, depois ser eleito presidente da Assembleia da República e depois, esperar que dê uma travadinha ao Cavaco (afinal, o homem tem 70 anos…), de modo a que ele, segunda figura da Nação, possa exercer o cargo de presidente da República interinamente.

Passos deve pensar que esta sua decisão foi uma jogada de mestre!

Coitado!…

Mas enfim… pouco podemos esperar de quem tem como mentor esse grande pensador que é… Ângelo Correia!…

 

Nobre, o obstipado

Sunday, April 10th, 2011

Então, o Fernando Nobre, o candidato independente à presidência da República, o homem que tinha a boca cheia de cidadania, que disse que só lhe dessem um tiro é que desistia de concorrer a Belém – esse senhor, com ar de quem sofre de obstipação crónica, é o cabeça de lista, por Lisboa, do PSD?

Qual é o espanto?

Por acaso, a candidatura de Fernando Nobre tinha ideologia?

Por acaso, o PSD tem ideologia?

PSD propõe PEF contra PEC do PS

Wednesday, March 30th, 2011

O DN publica hoje o as LG (linhas gerais) do PG (programa do governo) do PSD (esta sigla não sei bem o que quer dizer, social-democrata?…duvido…).

O PG foi elaborado por uma equipa chefiada por EC (Eduardo Catroga) e diz que foi construída a partir de trabalhos do GEN, da CRI e do IFSC.

Percebi perfeitamente.

Diz o documento que o PG está assente em 5 pilares.

É pouco. Aposto que vai cair…

O Pilar 2 propõe um PEF e uma ACCE.

Já o Pilar 3, visa o SPA e o SEE, incluindo as PPP.

Também se fala em IPSS, no Pilar 4 e no espaço da Lusofonia, no Pilar 5.

Conversa de chacha.

Estamos lixados!

Super-Catroga!

Sunday, March 27th, 2011

Ocupado, desde há semanas, a preparar o programa de governo do PSD, eis que Eduardo Catroga é eleito para o Conselho Leonino, nas eleições do Sporting.

Não se espantem, depois, de ver como medidas de austeridade, propostas pelo Passos Coelho, o corte nos salários dos jogadores do Sporting ou o aumento das quotas aos sócios.

Pior ainda será se o dinheiro do nosso IRS servir para contratar um novo ponta de lança para os lagartos.

10 Notas sobre a política caseira

Saturday, March 26th, 2011

1. Passos Coelho deu ontem a sua primeira entrevista como primeiro-ministro.

2. Claro que o gajo ainda não foi eleito… mas isso é um pormenor. Os jornalistas já o bajulam como se fosse…

3. Ideias?… Nenhumas… O homem está a preparar-se para ser primeiro-ministro há mais de um ano mas ainda não foi capaz de apresentar um programa alternativo por inexperiência de Catroga, o jovem que lidera a equipa que está a preparar o programa do governo PSD.

4. Primeira medida tomada por Passos, como faz-de-conta-que-já-é-primeiro-ministro: revogar a avaliação dos professores. Os mercados internacionais agradecem…

5. Passos quer uma maioria absoluta e um governo alargado que pode incluir o PS, mas sem o seu secretário-geral, Sócrates. Boa ideia era o Passos Coelho candidatar-se a secretário-geral do PS. E ganhar.

6. Sócrates vai ser reeleito líder do PS com mais votos que o futuro presidente daquele clube com a camisola às riscas mas, nos telejornais, foram as eleições dos lagartos que ocuparam mais espaço noticioso.

7. O filósofo-fashion Carrilho, ou a versão pedro-passos-coelho do PS, António José Seguro, são cães que ladram.

8. Eu, se fosse ao Sócrates, pegava nos 2 milhões que dizem que recebeu como luvas pelo licenciamento do Freeport, mais o quase-milhão que o seu amigo Vara recebeu do BCP, e começava a aliciar gajos do PSD para votarem no PS

9. Passos não revela o teor da conversa que teve com Merkel porque não percebe patavina de alemão

10. E Cavaco, mais uma vez, não tem nada a ver com isto. Penso, até, que o gajo é presidente de outro país qualquer…

Passinhos Láparo

Thursday, March 24th, 2011

Passos Coelho faz-me lembrar um delegado de propaganda médica de um laboratório à beira da falência.

Quando o vejo nos telejornais, juro que tento ficar atento às suas palavras, a ver se o gajo diz qualquer coisa que valha a pena ouvir. Mas, ao fim de cinco segundos, dou por mim concentrado no seu penteado à Ken (o meu colega Zé Guimarães diz que ele lhe faz lembrar o namorado da Barbie), ou fixado no colarinho da camisa, demasiado largo para o seu pescoço emagrecido – enfim, distraio-me da sua voz monocórdica e deixo de o ouvir.

O homem está a preparar-se para chefiar o governo há anos e, até agora, ainda não lhe ouvi uma opinião, uma sugestão, uma proposta.

Corrijo: ouvi-o hoje admitir o aumento do IVA…

(Pausa para me rir um pouco de todos os tolos que pensavam que o PSD ia conseguir diminuir o déficit cortando na despesa, sem aumentar a receita…)

Passos Coelho é um dos líderes mais fracos que o PSD já teve. Dos 450 líderes que o PSD já teve, Coelho é o mais medíocre.

Exagero, 450?

Ora vamos lá a ver: Sá Carneiro, Emídio Guerreiro, Sousa Franco, Meneres Pimentel, Pinto Balsemão, Rodrigues dos Santos, Mota Pinto, Rui Machete, Cavaco Silva, Fernando Nogueira, Marcelo Rebelo de Sousa, Durão Barroso, Santana Lopes, Marques Mendes, Filipe Menezes, Manuela Ferreira Leite, Passos Coelho…

Não serão 450, mas anda lá perto…

Como se pode confiar num partido destes, que tem como piores inimigos os seus próprios dirigentes destacados.

Veja-se o Santana Lopes, hoje mesmo irritado com o Coelho por este ter admitido o aumento do IVA. Diz o Lopes: como é possível admitir-se aumento de impostos depois de se ter defendido o contrário ao longo destes últimos anos?!

Tens razão, Lopes – como é possível?

Mas Coelho não tem jeito. Não consegue convencer ninguém. Como é que se diz?… Não tem carisma!…

Numa palavra: não tem jeito nenhum para isto.

Com tanto descontentamento pelos Pec’s, o Coelho devia almejar a uma maioria absoluta.

Mas o resultado eleitoral do PSD vai ser uma desgraça.

O Coelho não passa de um láparo!…

Ena cum Catroga!

Friday, March 4th, 2011

Toda a gente se lembra de Eduardo Catroga, o tal ex-ministro cavaquista que negociou o PEC com o Teixeira dos Santos.

Pois agora, o economista está a preparar o programa eleitoral do PSD, a pedido do Passos Coelho, ao mesmo tempo que faz parte da candidatura de Godinho Lopes à presidência do Sporting.

Aliás, é curiosa a quantidade de barões do PSD que são sportinguistas… Loosers!…

Para além de Catroga, também Ângelo Correia apoia Godinho Lopes, enquanto Santana Lopes está ao lado de Pedro Baltazar.

Como é possível que um clube tão à nora, como o Sporting, tenha já seis candidatos à presidência. Faz lembrar a Guiné-Bissau…

Mas enfim, deixá-los entregues à sua depressão…

O que me preocupa é se o Catroga troca os programas eleitorais e ainda acabamos por financiar a compra de jogadores para os lagartos com o nosso IRS…