Salvé Carmelinda!

Do que eu mais gosto nas campanhas eleitorais é da Carmelinda Pereira.

Carmelinda Pereira é a eterna líder do POUS – Partido Operário da Unidade Socialista.

Eterna líder e, suponho, única militante.

Sempre que há eleições, Carmelinda sai do seu esconderijo, onde está a hibernar, e vem para a praça pública defender as suas posições trotskistas.

Terminadas as eleições, Carmelinda retira-se, com os 5 mil votos que obtém não se sabe bem como e volta a esconder-se.

O POUS tem um site formidável. Para entrar no site, temos que clicar no punho socialista.

Nem o próprio Trotsky se lembraria desta!

Sabem o que os candidatos do POUS às eleições europeias, propõem?

Isso mesmo: o fim da União Europeia!

Pelo menos, não fazem fretes, como o Bloco ou o PCP, que sempre estiveram contra a União Europeia, mas aceitam ser eurodeputados para corroer o sistema por dentro. Pois…

Ontem, revi Carmelinda na televisão e fiquei feliz.

Está viva! Com mais rugas, mas viva!

E Carmelinda Pereira atirou logo com uma proposta revolucionária: que o Governo proíba os despedimentos!

Só isso, Carmelinda?!

Estás a perder qualidades, mulher!

Nos bons velhos tempos do prec, nos tempos em que o POUS eras tu e o Aires Rodrigues, terias ido mais longe e dirias:

O Governo tem que proibir os patrões!

Estás a ficar velha, Carmelinda…

10 thoughts on “Salvé Carmelinda!

  1. Caro «Coiso»

    Ainda bem que aprecia ver a Carmelinda Pereira viva e de boa saúde. Há a quem não agrade mesmo nada. A sua prelecção mostra o grau de desinformação a que está a ser sujeito (ou a sujeitar-se?): na verdade sou companheira de lutas da Carmelinda Pereira desde há uns 4 anos e deixe-me que lhe diga que tomara que houvesse gente tão mexida como a Carmelinda Pereira, principalmente nesses partidos que refere que se dizem “partidos dos trabalhadores”. Não é de todo verdade que a Carmelinda só sai à rua em período eleitoral. Não imagina como todos os dias ela se bate em tudo onde se mete por levar a “sua” mensagem — que não é sua, é a mensagem da IVª. Internacional, da qual muito se orgulha por ser a única orientação política que chama os bois pelos nomes e que põe o dedo na ferida. No POUS (que ainda tem o Aires Rodrigues e mais uns quantos militantes activos, para além de apoiantes, entre os quais a recentemente formada RUE a que pertenço), na escola, na Comissão de Defesa da Escola Pública, na rua, nas bancas, nas manifestações, por todo o lado onde vai, a Carmelinda leva a sua mensagem, a qual tem cabeça, tronco e membros. Não é o primeiro, nem há-de ser o último que desdenha a actividade militante da Carmelinda Pereira e que diz aos 4 ventos que o POUS é a Carmelinda Pereira. Está redondamente enganado. Deve andar arredado da luta, de pantufas no mundo rasteiro e virtual por onde faz passar mensagens enganadoras por mero diletantismo. Está no seu direito, obviamente, mas isso não quer dizer que esteja certo. A verdade é que quem conhece a Carmelinda Pereira e a acompanha na sua actividade militante, sabe que isso não é verdade. O POUS pode ter poucos votos mas isso não quer dizer que não seja o partido que aponta os rumos certos para realmente mudar o estado de coisas a que chegámos. Enquanto outros maiores fingem querer romper com o sistema capitalista, o POUS há muito que o diz, mesmo muito antes de se falar na crise mundial, que afinal não mais é do que o descalabro a que o sistema capitalista chegou. Mas é mais fácil vir para aqui denegrir a imagem da Carmelinda e do POUS do que pensar e agir de uma forma militante para abrir nem que seja uma pequena fenda no sistema por onde há-de um dia passar a massa dos trabalhadores rumo a um verdadeiro socialismo. Não será com «Coiso(s)» destes que se mudará seja o que for, isso é certo. Quanto à Carmelinda Pereira e ao POUS, a história ainda um dia lhe há-de dar razão, isto se a História vier a poder ser escrita pelos justos e não pelos oportunistas do sistema.

    Se quiser manter-se melhor informado, convido-o a fazer uma visita ao blogue da RUE onde não terá que carregar em punhos (se isso lhe faz muita confusão!) mas onde acompanhar as iniciativas de uma campanha que apela à proibição dos despedimentos. Na RUE temos realmente a convicção de que a União Europeia é uma farsa do sistema capitalista, de que sempre o foi e que só rejeitando liminarmente os tratados que nos têm colocado na situação em que nos encontramos é que será possível retomar Abril e recomeçar a construir o que a União Europeia (primeiro como CEE) veio metodicamente destruindo para nos tornar na nação dependente em que nos tornámos.

    Cumprimento

    Paula Montez
    (membro da RUE, candidata ao PE pela Lista do POUS)

  2. Paula e Isabel: inclino-me perante a vossa prosa; nunca conseguiria atingir tais níveis de lirismo, mesmo nos dias em que me sinto mais inspirado. “A história ainda um dia há-de dar razão à Carmelinda?” Quando?! Por onde têm vocês andado, caraças?! Vocês acreditam mesmo na IVª Internacional? E na IIIª? E quanto à VIª? Mas, por favor, não desistam! Pessoas como vós são insubstituíveis – não posso imaginar um mundo sem seguidores de Carmelinda (carmelitas?)

  3. Boa noite

    Inclino-me perante tão abastada ignorância. Não sei se por gozo (a ser assim é de muito mau gosto) se é mesmo a dita (ignorância) a minar as mentes mais avantajadas, sim Portugal é um país de mentes bastante grandes.

    Se mesmo assim continuam ignorantes então aconselho um bom psicólogo, ou para os menos abastados uma voltinha pela história recente e menos recente.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Leon_Tr%C3%B3tski

    http://pt.wikipedia.org/wiki/IV_Internacional

    http://pous4.no.sapo.pt/

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Pous

    Nunca se deve fazer juízos de valor de ninguém sem se saber do que se fala.

    Nota (1)
    Ainda hoje, um telejornaleiro (TVI) tal como outros, um dos muitos ignorantes que grassam por aí, chamava ao POUS (Partido Operário de Unidade Sindical), aqui para além de ignorância primária a coisa toca a incompetência.

    Nota (2)
    Não sou militante do POUS, mas para mim que tenho apenas a 4ª Classe atrasada, choca-me ver o meu Povo ignorante.

    Abraço

  4. Obrigado, meu benfeitor, por me ter fornecido tão preciosa ajuda. Se não fosse o seu comentário, eu continuaria a pensar que a IVª Internacional tinha sido uma Exposição qualquer de Antiguidades, mas afinal, fiquei a saber que é algo de religioso, uma vez que brincar com ela é de muito mau gosto…
    Uma pessoa que diz que tem a 4ª classe atrasada deve ser da minha geração (os jovens não usam estes termos) e a 4ª classe, mesmo atrasada, tirada nos idos de 50 e 60, dava muita bagagem à malta. Infelizmente, nada ensinava sobre Trotsky ou Carmelinda…

  5. ESPERO IR A PORTUGAL NO PRINCIPIO DE 2010.
    SE AS ELEICOES POSSEM PARA O ANO SEMPRE PODIA AJUDAR POUS.
    PENSO QUE A CAMPANHA SE DEVE CONCENTRAR NA DESTRUICAO DAQUELE INUTIL PARLAMENTO EUROPEU QUE SO ESTA A CONSUMIR O NOSSO DINHEIRO.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.