O PSD não tem emenda

Segundo o Expresso, Manuela Ferreira Leite estará inclinada a deixar que Santana Lopes possa ser o candidato do PSD à Câmara de Lisboa.

Este seria o presente envenenado de Manuela ao Sr. Lopes: ao dar-lhe uma nova oportunidade, calaria a oposição dentro do partido. Se Santana ganhasse (ah! ah!), Manuela também ganharia; se Santana perdesse, Manuela não poderia ser acusada de não ter tentado.

Esta baixa política só mostra como se mexem os partidos, o PSD, em particular. No artigo do Expresso, assinado por Ângela Silva, não se fala, em lado nenhum, do que poderia ganhar a cidade se Santana Lopes voltasse a ser presidente da Câmara. Não se conhece, da parte de Santana, nenhuma ideia nova sobre Lisboa (ele tinha 3 e já as esgotou: o túnel do Marquês, o Casino de Lisboa e o Parque Mayer). Nada disto interessa. O que interessa são os jogos dentro do partido.

Aliás, no PS, a treta é a mesma. Agora, por exemplo, António Costa e Helena Roseta chegaram a um entendimento, que foi muito saudado pelos comentadores. Então, mas afinal eles não pertencem ao mesmo partido? Não podiam ter chegado a esse acordo antes de concorrerem separadamente à Câmara, evitando meses e meses de decisões adiadas porque não havia maioria nas votações?

Voltando ao Sr. Lopes: será que ele quer a candidatura à Câmara de Lisboa?

Não acredito.

O Sr. Lopes quer a Presidência da República, quando o ciclo de Cavaco acabar.

Lá terei que votar no Mário Soares, outra vez, daqui a 10 anos…

Tags: , , , ,

3 Responses to “O PSD não tem emenda”

  1. Sem dúvida.
    É bom que nos mantenhamos atentos a estes senhores. Ainda nos vamos rir muito à pala deles, embora não seja caso para isso.
    Estes medíocres senhores mamam há muito tempo na teta do Estado. Para além de deputados em part-time têm sempre mais uns tachozinhos como ministros e presidentes de câmara. Mas o mais incrível é que quando a sua mediocridade já foi provada, como é o caso dos dois protagonistas da foto, a senhora por ter vendido mais uma vez o património português de maneira irresponsável, e o senhor pelas imensas trapalhadas como primeiro-ministro, mesmo assim eles insistem e tentam encontrar novas maneiras de aparecer em cargos políticos.
    E deixam de falar durante alguns tempos, como o santana e o portas, e a manuela agora, para depois chamarem a atenção dos “media” com uma mão cheia de… nada.
    Quanto aos meandros do PS, quem não os conheça que os compre: ou seja, que vote neles. Eu não. Eu já os conheço.

  2. antonio dias says:

    Ó Artur, você é capaz de não se ter dado conta, mas desta vez fez um grande elogio ao Santana, quando o comparou ao António Costa.
    Parece-me que também não podemos meter tudo no mesmo saco.

  3. Artur says:

    Confesso: desde que a Manuela tomou conta do PSD e o Rangel é líder parlamentar, comecei a perceber que, afinal, o Santana até nem era mau. Pelo menos, divertia-nos!
    Quanto ao Costa e à Roseta, tinham obrigação de se ter entendido antes das eleições.

Leave a Reply