“Atirei o pau ao Pinto da Costa”…

O trabalho dos jornalistas tem que ser devidamente enaltecido.

Que dizer dos jornalistas que foram desencantar esta história?

A educadora de uma creche de Ericeira, decidiu fazer uma ligeira adaptação de uma canção popular “Atirei um pau ao gato”. Na segunda estrofe, cantou, juntamente com os meninos a seu cargo: “vai-te embora pulga maldita/ batata frita/viva o Benfica”.

Quando soube da nova versão deste verdadeiro hino do Cancioneiro Popular português, o pai da Vera ficou chocado.

Ele, que é adepto do Futebol Clube do Porto, foi tirar satisfações com a educadora – mas o que é isto, viva o Benfica? E o Porto?

Numa interessante reportagem transmitida pela TVI ontem, vemos o pai da Vera, incomodado, dizendo que a educadora ignorou a sua indignação, respondendo-lhe que a maioria das crianças era do Benfica e que, portanto, não iria mudar a nova letra da cantiga.

O pai da Vera estava visivelmente preocupado, assim como a mãe da Vera, mostrada em segundo plano, sentada no sofá da sala, a fumar, enquanto a criancinha, lá ao fundo, andava num baloiço suspenso das escadas da habitação.

Dizia o pai da Vera: isto pode não ter importância nenhuma mas, hoje é isto e amanhã, o que poderá ser?

Tens razão, pai da Vera: a ditadura da maioria é o que dá – hoje és obrigado a dar vivas ao Benfica e amanhã, quem sabe, serás obrigado a fazeres-te explodir à porta da Assembleia da República!

Estas educadoras adeptas do Benfica, no fundo, são o verdadeiro Perigo Vermelho!

Comunistas do caraças!

A reportagem mostra, depois, a fachada da creche onde tudo se passa. A mãe de uma outra criança diz que aquela educadora só tem 13 crianças a seu cargo e que os pais das outras 12 já assinaram um documento de apoio à educadora.

Mas o pai da Vera não desiste e já fez queixa da educadora no ministério da Educação (verídico!).

Boa, pai da Vera! Mostra-lhes como é!

Na minha opinião, o senhor enganou-se no motivo da queixa: a educadora devia ser admoestada por ensinar às crianças uma cantiga que instiga à violência contra os animais, isso sim!

Atirei um pau ao gato?!

Porquê?! Que mal é que o gato fez?!

Ainda se fosse atirei um pau ao pinto-da-costa…

Tags: , , ,

7 Responses to ““Atirei o pau ao Pinto da Costa”…”

  1. a pessoas que falam sem se informarem nem respondo por isso se quiser depois de se informar falar sobre o assunto terei todo o gosto

  2. Fernando Ideias says:

    Sr. EDUARDO MASCARENHAS por acaso diga-me a sua filha é baptizada?

  3. carneiro says:

    “os pais das outras 12 já assinaram um documento de apoio à educadora”.

    Só admira não terem sido seis milhões de pais, fora os outras 430 milhões de benfiquistas da diáspora.

  4. Oiçam says:

    Este “monte de pessoas” (a que insistem chamar nação) quer tratar mal Camões fazendo dos Lusíadas uma coisa !? Que entra nos ouvidos ?! E que a maioria do coisa acha …bem mal !!! Quanto a esta questão da “educadora” … o erro foi não ouvir. Se alguma criança, quaisquer UMA fosse discriminada por uma educadora com a frase ” não podemos cantar o que … eu inventei (que até rima … mas se fossemos por aí !!!)… porque o pai da criança xyz fez queixa … oiçam “monte de pessoas” … e se fosse com uma criança vossa ? Se calhar bastava o baptismo para ser uma maioria … de ignorantes coisas cegas e intoxicadas pela propaganda do caciquismo … e até o homem das não promiscuidades se senta em camarotes capitalistas para ver a bola … querem saber “monte de pessoas” …coerência,sim! E não desviem o assunto … uma criança foi discriminada porque o seu pai sabe que a letra não é assim. Se vamos para julgamentos de comportamentos individuais e privados de “cigarros e coisa e tal … ” ei, ei, ei … “monte de gente” … cito “Os povos serão cultos na medida em que entre eles crescer o número dos que se negam a aceitar qualquer benefício dos que podem; dos que se mantêm sempre vigilantes em defesa dos oprimidos não porque tenham este ou aquele credo político, mas por isso mesmo, porque são oprimidos e neles se quebram as leis da Humanidade e da razão; dos que se levantam, sinceros e corajosos, ante as ordens injustas, não também porque saem de um dos campos em luta, mas por serem injustas; dos que acima de tudo defendem o direito de pensar e de ser digno.”

  5. para já isto é uma mentira, porque fumar so se for na sua cabela que esta enevoada, o que passou na tvi foi o que eles filtraram de 20 minutos, passaram 15 seg…a queixa foi feita devido ao que a minha filha passou na escola e que se extrapolou de forma evidente para todos os meios…isto apenas relfecte a postura de quem foi confrontado com uma menina que nao queria cantar, que os outros meninos batiam para ela cantar, que o pai se fartou com a cantilena…como nao lhe interessa toca a bater no pai e fazer exactamente aquilo de que ele se queixa…viva

Leave a Reply