“Atirei o pau ao Pinto da Costa”…

O trabalho dos jornalistas tem que ser devidamente enaltecido.

Que dizer dos jornalistas que foram desencantar esta história?

A educadora de uma creche de Ericeira, decidiu fazer uma ligeira adaptação de uma canção popular “Atirei um pau ao gato”. Na segunda estrofe, cantou, juntamente com os meninos a seu cargo: “vai-te embora pulga maldita/ batata frita/viva o Benfica”.

Quando soube da nova versão deste verdadeiro hino do Cancioneiro Popular português, o pai da Vera ficou chocado.

Ele, que é adepto do Futebol Clube do Porto, foi tirar satisfações com a educadora – mas o que é isto, viva o Benfica? E o Porto?

Numa interessante reportagem transmitida pela TVI ontem, vemos o pai da Vera, incomodado, dizendo que a educadora ignorou a sua indignação, respondendo-lhe que a maioria das crianças era do Benfica e que, portanto, não iria mudar a nova letra da cantiga.

O pai da Vera estava visivelmente preocupado, assim como a mãe da Vera, mostrada em segundo plano, sentada no sofá da sala, a fumar, enquanto a criancinha, lá ao fundo, andava num baloiço suspenso das escadas da habitação.

Dizia o pai da Vera: isto pode não ter importância nenhuma mas, hoje é isto e amanhã, o que poderá ser?

Tens razão, pai da Vera: a ditadura da maioria é o que dá – hoje és obrigado a dar vivas ao Benfica e amanhã, quem sabe, serás obrigado a fazeres-te explodir à porta da Assembleia da República!

Estas educadoras adeptas do Benfica, no fundo, são o verdadeiro Perigo Vermelho!

Comunistas do caraças!

A reportagem mostra, depois, a fachada da creche onde tudo se passa. A mãe de uma outra criança diz que aquela educadora só tem 13 crianças a seu cargo e que os pais das outras 12 já assinaram um documento de apoio à educadora.

Mas o pai da Vera não desiste e já fez queixa da educadora no ministério da Educação (verídico!).

Boa, pai da Vera! Mostra-lhes como é!

Na minha opinião, o senhor enganou-se no motivo da queixa: a educadora devia ser admoestada por ensinar às crianças uma cantiga que instiga à violência contra os animais, isso sim!

Atirei um pau ao gato?!

Porquê?! Que mal é que o gato fez?!

Ainda se fosse atirei um pau ao pinto-da-costa…

7 thoughts on ““Atirei o pau ao Pinto da Costa”…

  1. “os pais das outras 12 já assinaram um documento de apoio à educadora”.

    Só admira não terem sido seis milhões de pais, fora os outras 430 milhões de benfiquistas da diáspora.

  2. Este “monte de pessoas” (a que insistem chamar nação) quer tratar mal Camões fazendo dos Lusíadas uma coisa !? Que entra nos ouvidos ?! E que a maioria do coisa acha …bem mal !!! Quanto a esta questão da “educadora” … o erro foi não ouvir. Se alguma criança, quaisquer UMA fosse discriminada por uma educadora com a frase ” não podemos cantar o que … eu inventei (que até rima … mas se fossemos por aí !!!)… porque o pai da criança xyz fez queixa … oiçam “monte de pessoas” … e se fosse com uma criança vossa ? Se calhar bastava o baptismo para ser uma maioria … de ignorantes coisas cegas e intoxicadas pela propaganda do caciquismo … e até o homem das não promiscuidades se senta em camarotes capitalistas para ver a bola … querem saber “monte de pessoas” …coerência,sim! E não desviem o assunto … uma criança foi discriminada porque o seu pai sabe que a letra não é assim. Se vamos para julgamentos de comportamentos individuais e privados de “cigarros e coisa e tal … ” ei, ei, ei … “monte de gente” … cito “Os povos serão cultos na medida em que entre eles crescer o número dos que se negam a aceitar qualquer benefício dos que podem; dos que se mantêm sempre vigilantes em defesa dos oprimidos não porque tenham este ou aquele credo político, mas por isso mesmo, porque são oprimidos e neles se quebram as leis da Humanidade e da razão; dos que se levantam, sinceros e corajosos, ante as ordens injustas, não também porque saem de um dos campos em luta, mas por serem injustas; dos que acima de tudo defendem o direito de pensar e de ser digno.”

  3. para já isto é uma mentira, porque fumar so se for na sua cabela que esta enevoada, o que passou na tvi foi o que eles filtraram de 20 minutos, passaram 15 seg…a queixa foi feita devido ao que a minha filha passou na escola e que se extrapolou de forma evidente para todos os meios…isto apenas relfecte a postura de quem foi confrontado com uma menina que nao queria cantar, que os outros meninos batiam para ela cantar, que o pai se fartou com a cantilena…como nao lhe interessa toca a bater no pai e fazer exactamente aquilo de que ele se queixa…viva

Leave a Reply to carneiro Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.