As bolas de Berlim não passarão!

Portugal está ameaçado.

Estranhas organizações estrangeiras querem corromper o nosso povo. Ínvias coligações brasileiro-marroquino-búlgaras querem envenenar-nos.

Felizmente, temos a ASAE!

Com o apoio da Marinha, GNR e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, os garbosos ASAE apreenderam, em Albufeira, quatro mil bolas de Berlim, impróprias para consumo. Um grupo tenebroso de emigrantes ilegais, provenientes de Marrocos, Bulgária e Brasil, preparavam-se para as introduzir no mercado nacional, provocando caganeiras monumentais aos veraneantes algarvios.

Mas podemos dormir descansados.

A ASAE e seus aliados velam por nós.

As bolas de Berlim não passarão!

5 thoughts on “As bolas de Berlim não passarão!

  1. Depois de ter estado de cama 1 semana devido a um rissol de marisco que comi num restaurante só posso concordar com estas acções da ASAE. É fácil falar mas quando se tem que ir à sanita quase 100 xs numa semana e o Imodium não resulta sendo que apenas o UL 230 tráz algum alívio, as coisas mudam de perspectiva.

  2. caro Joe: diarreia provocada por 1 rissol de marisco, teria que ser salmonela – logo, não passava com UL 230, que nem sequer existe (é UL 250, e não passa de leveduras). Uma verdadeira salmonela, transmitida por rissóis ou bolas de berlim, dá direito a febre, diarreia, vómitos e desidratação e só passa com antibiótico.
    Quantos casamentos de verão não terminam no hospital, por intoxicação com bacalhau à gomes de sá!
    Agora, chegar ao ponto de exigir que os vendedores de bolas de berlim tenham um curso de saúde pública!…

  3. Eu concordo com medidas e legislações que combatam os atentados à saude publica. Agora que de um momento para o outro se entre a matar por todo o lado e se chegue ao exagero, isso, ja me parece mania das grandezas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.