“Third”, dos Portishead

portishead.jpegNunca fui muito à bola com a música dos Portishead. Aquela coisa dos discos parecerem riscados, sempre me pareceu um truque intelectualóide. E a voz da menina irritava-me, sempre tão aflita, tão deprimida, tão “tirem-me daqui, que não suporto viver”! A arte como sofrimento encenado, sempre me fez comichões. Além disso, confesso que também nunca os ouvi com atenção.

Em 2005, no entanto, a voz de Beth Gibbons despertou-me a atenção, no disco “Cinema”, de Rodrigo Leão. Ela canta o tema “Lonely Carousel”, nesse disco. E fiquei com vontade de ouvir melhor os discos dos Portishead.

Agora, que saiu o terceiro, exactamente chamado “Third”, fiz uma revisão da matéria e posso dizer que gosto, mas em doses pequeninas, como um bom whisky. Ontem, por exemplo, decidi ouvir os três discos de enfiada e sobrevivi com alguma dificuldade. Tanta melancolia deixa um gajo deprimido!…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.