“The Wrestler”, de Darren Aronofsky

wrestlerO wrestling não me diz nada, nunca fui capaz de ver um combate até ao fim, acho todo aquele folclore um pouco ridículo e, portanto, a minha expectativa era baixa, em relação a este filme.

No entanto, fiquei agradavelmente surpreendido. Mickey Rourke (nomeado para o óscar de melhor actor) faz um “underacting” de que gostei muito. Aliás, o filme é, todo ele, “low profile”, em contraste com os meios onde a acção se desenvolve: os ringues de wrestling e os bares de strip-tease.

Rourke faz o papel de um velho lutador, que tenta esconder a idade enchendo os músculos de anabolizantes e que tenta enganar a solidão com uma strip-teaser (Marisa Tomei, nomeada para óscar de melhor actriz secundária).

A fotografia mantém-se sombria, ao longo de todo o filme, Rourke nunca eleva a voz e tudo acaba mal, como devia.

Gostei.

2 thoughts on ““The Wrestler”, de Darren Aronofsky

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.