A verdadeira profecia Maia: o fim do Sporting

Pois é: os maias não previram o fim do mundo, mas sim o fim do Sporting.

E não erraram por muito, já que o Sporting está no 10º lugar da Liga, com apenas mais 4 pontos do que o último classificado.

Os peritos há muito que esperavam por uma coisa destas.

Havia indícios.

Enquanto o Benfica tem o nome de um bairro de Lisboa e o FC Porto tem o nome da sua cidade, o Sporting é o gerúndio de “sport” – e, como se sabe, um gerúndio não anda, vai andando…

Além disso, há até alguma polémica em redor da pronúncia correcta. Será mesmo Sporting ou Sporte? Ou mesmo Zeborden?

Acresce o facto de o estádio do Sporting se situar no Campo Grande, mas chamar-se Alvalade, que é uma zona completamente diferente de Lisboa.

O equipamento escolhido também não foi feliz.

Quiseram ir buscar uma cor da bandeira nacional e escolheram o verde, mas não tiveram coragem de se vestirem todos de verde e optaram pelas riscas verdes e brancas.

Já o povo diz: está verde? não presta…

Estas contradições indiciavam o pior e o pior está a acontecer.

E como não têm um Jesus, arranjaram um Jesualdo.

Que dizer de um treinador que já nem os gregos querem?

O mundo não acabou, mas o Zeborden vai acabando…

Passos Coelho e Sá Pinto – a mesma luta!

Vai ser impossível chegar ao déficit de 4,5% este ano.

A despesa pode ter diminuído, mas a receita também e a recessão fez baixar os impostos cobrados.

A equipa ministerial é jovem, o primeiro-ministro tem um curriculo diminuto, mas todos são muito bem intencionados.

Apesar das dificuldades e da evidência do descalabro, Passos Coelho diz que, em 2013, já não vai haver recessão. Em 2014 seremos felizes.

Faz-me lembrar o Sporting.

Claro que teve azar, ao enfrentar, logo no início do campeonato, colossos do futebol nacional, como o Guimarães e o Rio Ave (este, ainda por cima, em Alvalade!), para além daquele desgastante jogo contra esse outro grande, o coiso, aquele que ficou em 4º no campeonato da Dinamarca (campeonato assustador!)

Mas também, perante as adversidades, Sá Pinto, o grande timoneiro, diz:  “Não estamos fortes. estamos muito fortes!”

Desculpem… vou só ali rir-me um bocadinho e já volto…

Sporting lava mais branco!

O Sporting já não sabe que volta há-de dar à coisa.

Não consegue ganhar campeonatos nem à lei da bala!

Por isso, este ano, decidiu contratar um jogador indiano que reúne duas qualidades inegualáveis: uns estonteantes 165 centímetros de altura e a capacidade de tirar todas as nódoas.

O homem chama-se Sunil Chhetri e faz-me lembrar este anúncio…

Verdes de inveja

Aquela agremiação desportiva que fica sediada ao fundo da 2ª Circular e que tem aquela inacreditável camisola às riscas, continua a dar que falar pelos piores motivos.

Depois de ter contratado um treinador que faz madeixas no cabelo e que diz que a equipa está na “fase Cerelac” (o que raio quer o gajo dizer com isto?), agora forra as paredes dos corredores dos balneários com fotos de machos em poses agressivas.

Revelador…

E a inveja pelo Glorioso é tão grande que, depois dos chineses terem entrado na luz, agora é o presidente dos lagartos que diz que está a preparar a entrada de asiáticos no capital da SAD leonina.

Invejosos!…

Super-Catroga!

Ocupado, desde há semanas, a preparar o programa de governo do PSD, eis que Eduardo Catroga é eleito para o Conselho Leonino, nas eleições do Sporting.

Não se espantem, depois, de ver como medidas de austeridade, propostas pelo Passos Coelho, o corte nos salários dos jogadores do Sporting ou o aumento das quotas aos sócios.

Pior ainda será se o dinheiro do nosso IRS servir para contratar um novo ponta de lança para os lagartos.

Ena cum Catroga!

Toda a gente se lembra de Eduardo Catroga, o tal ex-ministro cavaquista que negociou o PEC com o Teixeira dos Santos.

Pois agora, o economista está a preparar o programa eleitoral do PSD, a pedido do Passos Coelho, ao mesmo tempo que faz parte da candidatura de Godinho Lopes à presidência do Sporting.

Aliás, é curiosa a quantidade de barões do PSD que são sportinguistas… Loosers!…

Para além de Catroga, também Ângelo Correia apoia Godinho Lopes, enquanto Santana Lopes está ao lado de Pedro Baltazar.

Como é possível que um clube tão à nora, como o Sporting, tenha já seis candidatos à presidência. Faz lembrar a Guiné-Bissau…

Mas enfim, deixá-los entregues à sua depressão…

O que me preocupa é se o Catroga troca os programas eleitorais e ainda acabamos por financiar a compra de jogadores para os lagartos com o nosso IRS…

Sporting Clube de Angola

Ainda não parei de rir!

Depois de comprar o Expresso, como acontece todos os sábados, desde 1973, olhei para a 1ª página e não pude deixar de soltar uma gargalhada!

Então os lagartos vão ser comprados por capital angolano?!

Diz o jornal que um tal Braz da Silva, líder de um grupo económico chamado Finertec, se prepara para se candidatar à presidência daquele clube, injectando, depois, largos milhões nos cofres leoninos.

Diz-se ainda que a Finertec, que tem como administrador Miguel Relvas, o secretário do PSD e braço direito de Passos Coelho, tem ligações fortes com esse grande democrata, que é o presidente angolano, José Eduardo dos Santos!

Quer dizer: Angola prepara-se para se vingar da guerra colonial.

Primeiro, compra o Sporting.

Depois, quando o PSD ganhar as eleições, há-de fazer lóbi ao Miguel Relvas e ao Passos Coelho.

E claro que, com capitais angolanos, o Sporting há-de comprar todos os diamantes do futebol e sagrar-se campeão.

Se não resultar, pode sempre ir da 2ª Circular para Luanda e disputar o campeonato angolano.

O Benfica até lhe pode emprestar o Mantorras…