Reformados e mal pagos

Sócrates anunciou que as reformas passarão a estar indexadas à esperança de vida. Acho mal.

Vejamos os seguintes exemplos:

Sujeito A – obeso, fumador, hipertenso, diabético, com o colesterol elevado; reforma-se aos 65 anos, depois de 40 ano de descontos, e morre seis meses depois com um enfarto. Resultado: o Estado fica a ganhar – sacou 40 anos de descontos a este tipo e pagou-lhe a reforma durante seis meses.

Sujeito B – magro, nunca fumou, nunca bebeu, nunca cometeu excessos, nunca mandou uma boa queca; reforma-se aos 65 anos, após 40 anos de descontos e morre aos 108 anos, completamente totó, a fazer chi-chi na fralda, totalmente dependente da ajuda dos outros, internado num Lar da Segurança Social desde os 80 anos. Resultado: o Estado foi ludibriado – recebeu 40 anos de descontos deste tipo e teve que lhe pagar a reforma durante 43 anos, o lar e os cuidados continuados durante 26 anos.

Está na cara que a idade da reforma devia ser indexada, não à esperança de vida média, mas à esperança de vida de cada pessoa!

Por exemplo, o meu caso: fumador, hipertenso desde os 35 anos, com antecedentes familiares de morte súbita. Não acham que 30 anos de descontos chegavam?

Reformo-me para o ano que vem!

socrates_reforma.jpg

8 thoughts on “Reformados e mal pagos

  1. Eu até vi o debate da Assembleia, mas continuo sem perceber essa da indexação à esperança de vida. É tão descabido que nem faz sentido.

    Eu acho que a Segurança Social devia funcionar como um banco: punham lá o meu nome e o dinheirinho que eu lá tinha posto, ficava a render, para mais tarde.

    Agora, andar a trabalhar para pagar a reforma a velhos que passam o dia no café, não. A esses, que não tiveram o benefício da Segurança Social por causa da ditadura, devia ser paga a reforma de dinheiro tirado do salário do Laurent Robert. Devia dar para Portugal inteiro.

  2. Pois: o salário do L. Robert + o salário do Santana Lopes (já reformado, aos 49 anos) + o salário do Mira Amaral (já reformado da CGD), etc, etc. Mas o Sócrates não aceita esquemas de Segurança Social privados e, mais tarde ou mais cedo, vai ter que explicar porquê…

  3. Eu não estou na lista dos “reformado e mal pago”. Eu estou na lista dos “REFORMADOS FODIDOD”. Eu explico: Tenho uma reforma de 500,00 Euros e só de renda de casa pago 350,00. Para o resto da subsistência restam 150,00. Como devo às finanças 1.800,00 Euros que quiz pagar com 50,00 por mês e não me deixaram, vieram retirar da minha reforma sem qualquer explicação 136,00, ficam assim 14,00 Euros para a luz,água,gás,telefone,mercearia e um ououtro taransporte. Só gostava era como vou fazer. Sou ou não um REFORMADO FODIDO?. Quando tiver fome ou não pago a casa ou vou roubar.

  4. Eu acho que uma pensao de 400Euros nao da para sobreviver no nosso pais Eu pergunto se nao seria melhor prescindir do TGV da nova ponte e o novo aeroprto em beneficio de melhores condiçoes de vida para os reformados e pensionistas mais desfavorecidos Isto e tudo muito engrassado mas nao e um pensionista de 400Euros que tem dinheiro para tirar um bilhete para andar de TGV ou muito menos ter condiçoes para ter um carro para atravessar a ponte ou ainda dar se au luxo de ir a um aeroporto e apanhar um aviao. Tomara o pobre reformado no seu fim de vida que mais precisa de assistencia Ter dinheiro para o comer e para os remedios, agua, luz,renda de casa. Vao por mim arrangem melhores condiçoes de vida para as pessoas e o pais desenvolvesse melhor com o bem estar de todos

  5. Ainda em 2009 a reformas de duzentos e poucos euros E depois ainda vem dizer que com um aumento seis euros e pouco os reformados ven o seu poder de compra aumentado. Nao gozem meus Sº com os mais desfavoreçidos

  6. Pois e a maioria dos reformados que trabalhou quase a vida inteira tem duzentos e poucos euros ,Os que estao no fundo desenprego tem alguns mas de 600 euros, E os que estao no rendimento minimo alguns tem mais de 700 euros Onde esta a justiça destes governantes

  7. O complemento das reformas que o governo faz tanta porpaganda nao abrange quase ninguem por que e certo que a maioria dos reformados continuam com menos de 250Euros por mes Continua assim a miseria So este mes por que vivo numa zona fria e humida tive uma conta de eletricidade de 94Euros pois se nao tiver a casa desomificada tenho asma bronquite e sinusite e outras problemas de saude e economicos que surgem

  8. Estes politicos são todos iguais. Sacar à má fila o dinheiro de quem durante 40 e mais anos lá pôs o dinheiro. Dinheirinho que devia ser restituido a quem o descontou. A Segurança Social é um poço sem fundo onde vão buscar o nosso dinheiro para os subsidio dependentes e até para equilibrar o orçamento do Estado. Quem trablhou que se foda. Que trabalhe até aos 80 ou 85 que assim pagarão a reforma só 2 ou 3 anos.

    SEMPRE FOMOS DESGOVERNADOS POR GATUNOS.

Leave a Reply to Jose Santos Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.