Portas neo-colonialista?

É a acusação dos presidentes do Brasil, Argentina, Uruguai, Bolívia e Venezuela.

Isto porque Portas, como ministro dos Negócios Estrangeiros, não permitiu que o avião que transportava o presidente da Bolívia, Evo Morales, fizesse uma escala técnica em Lisboa.

Os cinco presidentes latino-americanos assinaram um comunicado conjunto em que classificam essa decisão de Portas como um “acto insólito e hostil” e “neocolonial”.

As vendas de Magalhães na Venezuela vão por água abaixo!

Dizia-se que, no avião de Evo Morales, poderia viajar, também, Edward Snowden, o super-espião que está a lixar a vida à administração Obama.

Não acredito que Portas tenha feito de propósito.

Distraído com a sua preparação para ser vice-primeiro-ministro, Portas deve ter pensado que Morales era mais um dos novos reforços do FC Porto.

obama_putin (2)

 

One thought on “Portas neo-colonialista?

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.