Porque hoje é sábado

camioneta2.jpgE porque hoje é sábado, lá está a puta da camioneta a ocupar todo o passeio em frente à minha casa!

Ainda não descobri quem é o dono da camioneta, mas suspeito que more no mesmo prédio que eu e que desconheça o meu site, caso contrário, já tinha vindo tocar à minha campainha…

Como prometi, tenho enviado todos os dias, um mail para a Câmara de Almada, para o vereador da mobilidade, com a fotografia da camioneta mas, até agora, ainda não recebi qualquer resposta.

Mas como hoje é sábado, os automobilistas pensam que os transeuntes podem voar, em vez de andarem pelos passeios.

carronopasseio.jpgEntão, agora, que os passeios estão rebaixados em frente às passadeiras para peões, é ainda mais fácil subir para os ditos, como é o caso deste carro todo modernaço, também parado junto ao meu prédio.

Portanto, quem venha de Cacilhas, a subir a 25 de Abril, a empurrar um carrinho de bebé, por exemplo, quando chega àquele passeio, tem que se desviar da camioneta, passando por baixo da arcada do prédio, onde o passeio tem vários degraus. Depois, ao retomar o passeio, tem que se desviar do carro modernaço, para poder continuar a subir a avenida.

betel.jpgE já agora… a vida também não está fácil para certos e determinados automobilistas, nomeadamente aqueles que têm a estúpida mania de cumprir as regras. Logo na ruazinha abaixo do meu prédio, os senhores da Betel (uma instituição que ajuda pobres e necessitados, segundo apregoam), decidiram que uma das faixas de rodagem é para estacionamento, e toca de estacionarem ali uma das suas camionetas. Portanto, quem vier da direita, em direcção à 25 de Abril, só tem é que contornar a camioneta da Betel, passando para a outra faixa – isto, se não vier outro carro em sentido contrário, ou se não estiver um estacionado, também na faixa de rodagem, em frente à casa que vende baterias.

E agora, vou enviar esta texto para o senhor vereador, a ver o que é que ele diz…

2 thoughts on “Porque hoje é sábado

  1. ali na av. gomes pereira, em benfica, sucede o mesmo: uma instituição dita de caridade costuma estacionar, de manhã, a sua camioneta no meio da faixa de rodagem, obrigando os condutores a terem de ir para a outra faixa. pior ainda, a paragem do autocarro é um pouco mais à frente, e a camioneta impede que quem esteja na paragem consiga ver a chegada do autocarro – resultado: a malta tem de ir para o meio da estrada para ver quando vem o autocarro e fazer-lhe sinal para parar… o que não é nada perigoso…

  2. Há uns dias, andava eu à procura de lugar para estacionar em Lisboa (esse pesadelo) e recusei-me a estacionar em cima de vários passeios ali tão livres e apetitosos. Quem ía comigo no carro só dizia “és mesmo pateta, não vês que toda a gente faz isso…eles é q são os espertos”. Calculo que isso faça de mim a burra, mas acho que consigo viver com isso! Mas a mentalidade é mesmo esta, o passeio é do carro que o apanhar primeiro e quem anda a pé que se lixe. Enfim…

Leave a Reply to cr Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.