Onde pára o calor?

A comunicação social anda preocupada com o Nuno Melo, o BPN e o Vitor Constâncio, com a mudança de atitude de Sócrates, com as candidaturas à presidência do Benfica e com o pequeno Martim (alguém se lembra da pequena Esmeralda?…).

Vai daí, os nossos velhotes andam todos a morrer aos poucos com o calor que se faz sentir e que não é noticiado como devia ser!

É vê-los, à torreira do sol, secos que nem carapaus, com a língua colada ao céu da boca, porque não há nenhum jornalista que os avise que estamos a viver uma onda de calor e que, por isso, devem andar pela sombra e beber muita águinha.

Jornalistas maus, estes!

No ano passado, bastava a temperatura subir um pouco acima dos 28 graus e era logo reportagens nos largos das vilas, com o coreto ao fundo e as perguntas inteligentes: “Então, que me diz a este calor?”; E o velhote, de camisa, pulóver e casaco, respondia: “A gente aqui na Amareleja, estamos habituados!”

Agora, há uma semana que as temperaturas rondam os 35 graus e os gajos não avisam ninguém!

Ainda ontem vi velhotes na rua, de sobretudo e chapéus de chuva, porqe não sabiam que ia estar tanto calor, caraças!

Afinal, onde está o direito a sermos informados como deve ser?!

3 thoughts on “Onde pára o calor?

  1. Ja havia cientistas a avisar destas alteraçoes climaticas antes do Socrates pensar em ser primeiro-ministro. Quanto aos media… bem…. estão sempre no seu melhor

Leave a Reply to fermelanidades Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.