O triunfo dos porcos

Há alturas em que um tipo mais valia estar calado.

Foi o caso do famigerado Mário Nogueira, o líder sindical dos professores.

Ontem, os professores organizaram mais uma manifestação na avenida da Liberdade (por este andar – e como não é provável que, nos próximos milénios, o PCP forme governo – os professores estão condenados a desfilar na avenida todos os anos…).

Dezenas de autocarros, repletos de professores, vinham do Norte, a caminho de Lisboa quando, ali para os lados de Santa Iria da Azoia, ficaram bloqueados na auto-estrada.

Mais à frente, um camião cheio de porcos tinha-se despistado, atravessando-se na estrada. Muitos porcos morreram, mas muitos outros passeavam-se tranquilamente pela auto-estrada ou espojavam-se na lama das bermas.

E o que disse Mário Nogueira a este propósito?

Disse, entre outras coisas, isto:

«Não considero que fosse de propósito, até porque se calhar o governo não tinha dinheiro para comprar um autocarro de porcos e atirá-los ali para o meio. Agora, aquilo… Não quero dizer que foi de propósito, mas foi estranho».

E ainda disse mais:

«Vamos exigir uma reunião ao ministro da Administração Interna para pedir explicações e protestar contra a forma como a polícia actuou».

Mais nada!

Contra os porcos, marchar, marchar!

Se fosse professor, mudava de sindicato!

No mínimo!…

5 thoughts on “O triunfo dos porcos

    1. Pelo nome (José dos Porcos), penso que se deve tratar de algum representante do sindicato dos acidentados. Não era minha intenção desconsiderá-los… deve ter sido um grande desgosto perder tantos companheiros e ver outros serem objecto da chacota dos operadores de câmara… Enfim, pérolas a porcos…

  1. Deixe-se de conversas e continue a escrever e a publicar montagens giras e inteligentes que faço circular pelo meus amigos.
    Já agora quero-lhe dizer que convivi com muitos porcos e a coisa mais célebre na minha aldeia foi um dia ter aparecido um porco branco. As pessoas até faziam bicha porque nunca tinham visto um animal daqueles.

    1. Um porco branco teria feito parar o trânsito da autoestrada durante dias… e lá se ia a manif dos profs – mas deixemo-nos de inconsistências intelectuais…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.