O que dá prazer a Passos Coelho

Que Passos Coelho era um triste, já a gente tinha percebido.

Agora, que o homem tivesse prazer com coisas estranhas, era algo que desconhecíamos.

Confrontado com a notícia do Expresso, de que a PJ terá escutado telefonemas dele, Passos Coelho disse esta coisa espantosa: «tenho todo o prazer em que essas escutas sejam tornadas públicas».

Eu tenho prazer com um grande cozido à portuguesa, com um agradável passeio de bicicleta, com uma boa cambalhota, com um copo de cerveja gelada, com a leitura de um bom livro…

O primeiro-ministro tem prazer (todo!) com a divulgação das escutas!

Triste…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.