Ó pá! Não fui escolhido!

Foi com surpresa que li a notícia no Negócios on line: “Governo aponta Lobo Xavier e Alberto da Ponte para grupo de trabalho sobre gastronomia”

Pois é: parece que o Governo, através daquele ministro com mau aspecto, o Poiares Maduro, que me faz lembrar eu próprio, em 1974-75, nomeou, finalmente, um grupo de trabalho dedicado aos morfos.

Diz a notícia: «os onze elementos têm meio ano para apresentar medidas concretas, com avaliação dos respectivos custos, para a divulgação da gastronomia portuguesa através das actividades oficiais do Estado, apresentadas como “importantíssimas montras de Portugal no estrangeiro”. Membros do grupo não serão remunerados.»

E o texto acrescenta: «o advogado e ex-deputado do CDS é um dos onze elementos da lista que integra também o presidente da RTP, Alberto da Ponte, e que será coordenada pelo gastrónomo José Bento dos Santos, autor de vários programas televisivos, proprietário do projecto vitivinícola Quinta do Monte d’Oiro, em Alenquer, e que nos anos 1980 fundou a “broker” de metais Quimimbro, ao lado de Eduardo Catroga.»

E foi isto que me deixou fodido! Eu, que tenho andado por esse Portugal fora a provar a gastronomia toda, que ainda na semana passada comi um empadão de porco em S. João da Pesqueira, um riódão de vitela em Vila Nova de Foz Côa, uns filetes de polvo com arroz de feijão em Trancoso, fico aqui em casa, sossegadinho e esses gajos, que só comem bifes e bitoques, são chamados para grupos de trabalho gasgtronómicos.

Maricas de merda!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.