O mail de Vitor Bento

O novo presidente do BES, Vitor Bento, mandou-me um mail.

Quando um conselheiro de Estado nos envia um mail, devemos ficar um pouco emocionados.

Foi o que eu fiquei.

Até o li em pé, perfilado.

Começa por dizer o seguinte:

“Os Clientes são a razão de ser do BES. A sua confiança é a base de todo o valor que geramos. Ao tomar posse como presidente da Comissão Executiva sinto, com orgulho e responsabilidade, o peso da valorosa confiança que em nós está depositada.”

Clientes com “cê” grande, note-se.

E acrescenta:

“O BES é uma instituição assente na economia real e líder europeu na satisfação ao Cliente. É uma instituição com um passado histórico, um pilar da nossa economia, das nossas empresas e dos portugueses em geral – e irá continuar a sê-lo.”

Até aqui, tudo bem.

Sou Cliente de um Banco que é um pilar e que está assente na economia real.

Ok… mas e aquela bronca da família Espírito Santo?

Vejamos a continuação do mail; pode ser que venha mais à frente.

“A equipa de gestão que lidero desde 14 de julho está já a trabalhar com todo o empenho para reconquistar a confiança dos mercados, gerando benefícios sustentáveis e abrindo caminho a um novo capítulo no Banco. E para continuar a fazer aquilo que melhor sabemos, a excelência no serviço aos Clientes.”

Ora, a equipa que Bento lidera está já a trabalhar para reconquistar a confiança dos mercados… ah! então parece que os mercados sempre perderam a confiança no BES… talvez seja agora que ele fala na Rioforte e nos negócios de Angola e tal… vejamos…

“É por isso que o BES foi ainda recentemente reconhecido como banco líder na satisfação dos clientes de acordo com o ECSI 2013 (European Customer Satisfaction Index).”

Não, ainda não foi desta… fiquei a saber que, em termos de satisfação, não há outro como o BES… embora este tipo de inquéritos de satisfação me façam lembrar os concursos para cervejas: é sempre possível ganhar uma medalha de ouro num concurso qualquer, nem que seja na Suazilândia.

Continuemos… pode ser que seja agora que ele fale no Ricardo Salgado e no Ricciardi e naquela tropa toda…

“Estou certo que, com a sua fidelidade e a de todos os outros Clientes – pela qual estamos tão gratos – faremos com que o Banco continue a ser a referência que sempre tem sido.

A sua confiança é a nossa força.”

E acabou!

Afinal, nem uma palavra sobre as tramóias, os empréstimos ruinosos, a queda das acções, os negócios com a PT – nada!

Nem se percebe por que razão o Vitor Bento se deu ao trabalho de enviar este mail.

Se o BES é assim tão bom, se tudo é tão perfeito, por que carga de água o Vitor Bento me está a passar a mão pelo pêlo?

Aqui há gato!…

3 thoughts on “O mail de Vitor Bento

  1. Haverá gato!…e de que maneira!
    Quer dizer, continuamos na base do secretismo….Então não se lembra da sra. ministra proferir aos mídia que esta problemática do BES era uma “questão da esfera privada”, entre o Banco de Portugal e o referido? E mais!…”até à data não haveriam indicíos de comprometimento no déficit das contas públicas, pelo que o Estado não poderia intervir”!(?)

    Ai sim?…entào continuamos na ignorância!…Sim senhor!
    Nao lhes convém que “algo”, quiçá “podres” (?) se saiba, de todo!

    Parece que estão mais “preocupados” com a imagem do BES, com a reconquista da sua credibilidade nos mercados financeiros..
    Mas como?…depois desta “bomba explosiva”?
    Quem é que está disposto a investir, com um grau de risco, em crescendo?
    É quase, como que, “dar um tiro num pé”!…não?

    Pois, pois…há que “passar paninhos quentes”, no zé povinho!

Leave a Reply to Artur Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.