“O Evangelho das Enguias”, de Patrik Svensson (2019)

Patrik Svensson é um jornalistas de artes e cultura sueco, nascido em 1972 que, através deste livro, decidiu homenagear o seu pai, um operário que se dedicava ao trabalho duro de asfaltar estradas e, que por causa disso, faleceu com apenas 60 anos de idade.

A infância do autor foi passada numa casa, junto a um riacho, onde, com frequência, ia pescar enguias com o seu pai.

A partir dessas memórias agradáveis e felizes, Svensson estudou a fundo o enigma das enguias, peixe que interessou Aristóteles, Freud e muitos outros.

Esse interesse universal pela enguia está relacionado com os mistérios que envolvem esta espécie que, segundo se pensa, desova no Mar dos Sargaços, embora nunca ninguém tenha visto uma enguia adulta nessas paragens.

Ao longo de vários capítulos, Svensson vai descrevendo os estudos, experiências e descobertas que se fizeram, ao longo dos séculos, relacionadas com as diversas metamorfoses da enguia e, ao mesmo tempo, relata episódios da sua infância, em que entra sempre o seu pai.

Um livro muito curioso, que vale a pena ler.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.