“Zack and Miri Make a Porno”, de Kevin Smith

Quem sabe inspirado no britânico “The Full Monty“, em que seis trabalhadores desempregados resolvem montar um espectáculo de strip-tease para angariar fundos, o argumento desta comédia conta-nos a história de Mark e Miri, que se conhecem desde a escola primária e partilham a mesma casa, embora nunca tenham partilhado a mesma cama.

Sem dinheiro, com a água a luz cortadas, decidem fazer um filme porno para tentar arranjar umas massas.

Esta ideia tão disparatada podia dar origem a um filme completamente idiota, do género das comédias para adolescentes tão ao gosto de alguns norte-americanos.

Mas não. O filme vê-se bem, o tipo que faz de Mark (Seth Rogen) tem graça, as situações são divertidas, sem serem demasiado escatológicas (excepto uma, enfim…) e até se conseguem alguns sorrisos.

Claro que não perderia uma tarde no cinema por causa disto, mas tolera-se.

(Participação especial de Traci Lords – quem se lembra dela?)

9 thoughts on ““Zack and Miri Make a Porno”, de Kevin Smith

  1. Olá Artur, queria só fazer um reparo, o nome do filme é “Zack and Miri Make a Porno”. Realmente não é nada por aí além mas tem os seus momentos. Já outros filmes deste realizador recomendo vivamente, “Clerks.” e a sua sequela são bem divertidos.

  2. Caro coiso (Sôtor), confesso que me lembro da donzela, mas só porque tinha a sensação que ela tinha aparecido no “melrose place” e porque sou fã de Sci-fi. No entanto, fiz uma pesquisazita (já a detectar marosca….) e pronto! Não me lembro da rapariga (no sentido brazuca) porque nunca assisti a essas prestações ;). Mas posso afiançar que em séries de TV e em filmes de vampiros a senhora é o que parece ser: boa, mas péssima actriz….Cumprimentos.

    ps- dentro do género totalmente estúpido, mas que arranca gargalhadas e “não passaria uma tarde no cinema à conta disso” tente o “The hang-over” (nem ideia como se chama na Língua de Camões). Tão estúpido e tão divertido que até faz doer os abdominais.

      1. Oh meus senhores, por favor tenham calma. Traci Lords foi e continua a ser *a* estrela porno.

        Os seus filmes são raríssimos pelo simples facto de que era menor e, supostamente, ninguém sabia. Apenas no seu último filme, “Traci, I Love You”, tinha mais de 18 anos – e creio que os completou pouco antes das filmagens.

        Hoje em dia é actriz mainstream e cantora pop, enfim, faz pela vida, mas no porno será sempre uma lenda.

      2. Pois a mim sempre me pareceu muito desenvolvida para a idade, assim como as meninas que andam no terceiro mas já sabem tudo o se passa no quarto…

  3. Sorte estar pesquisando sobre o champix e vir parar nesse delicioso blog português. Para mim, mais uma vantagem de deixar o cigarro.

  4. O The Full Monty é um grande filme, e tem uma banda sonora fantástica. :)

    Quanto a este que se fala, sinceramente não me cativa.

    Um abraço,

  5. Traci Lords teve também uma participação significativa na série Profiler (anos 90), como «partenaire» no crime da personagem Jack of All Trades.
    Não esteve mal :)

Leave a Reply to Miguel Cancel reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.