Injustiça!

Fiquei chocado quando soube que o Dias Loureiro recebe, de subvenção vitalícia, apenas 1700 euros!

É um escândalo!

Enquanto tipos como o Duarte Lima, que se limitou a ser líder parlamentar do PSD, recebem mais de 2 mil euros por mês, Dias Loureiro, que foi ministro, fundador do BPN e membro do conselho de Estado, designado pelo Presidente Cavaco, fica-se pelos 1700!

E há mais injustiças, nesta lista de políticos que recebem pensões suportadas pelos contribuintes.

Por exemplo, como é que Bagão Félix consegue aguentar-se com 1000 euros por mês? Mal dá para pagar o lugar cativo na Luz!…

E Zita Seabra? Não será uma injustiça pagar a uma mulher que conseguiu passar do PCP para o PSD, a miséria de 3 mil euros por mês?

E agora, o governo vai acabar com estas subvenções.

Acho mal… Esta malta vai começar a viver mal!

E seguindo esta onda de cortes, eis que a pressão da comunicação social faz com que alguns membros do governo abdiquem do subsídio de deslocação!

É o caso de Miguel Macedo, que recebia a miséria de 1400 euros por mês por viver a mais de 100 km de Lisboa.

O que é que o homem vai fazer agora?

Estamos a transformar os nossos políticos em sem-abrigo…

5 thoughts on “Injustiça!

  1. Bom, o Bagão Félix tem apenas 1000 euros de subvenção, mas não será grave porque deve ser daqueles que tem reforma modesta do Banco de Portugal.
    Curioso verificar que dos politicos mencionados a Zita Seabra é a “mais valiosa”. O partido deve estar a torcer o nariz, se ela não tivesse virado a casaca a subvenção sempre dava para pagar o salário a meia dúzia de funcionários.
    Antigamente havia um adjectivo que se aplicava a esta grente que não tem vergonha na cara, pantomineiros. A palavra caiu em desuso, mas não foi por falta de aplicação.

  2. não esqueça o carvalhas, o carvalhazes… E o Lobo da Moita, tudo rapaziada do comité central dos pobres e oprimidos…

    (dia 31 vou á Incrivel, aí para os seus lados, sempro levo a garrafita da ginja caseira, ou não ‘?)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.