Dupla personalidade

Outra pequena local do DN de sábado passado, página 27: 

“Um indivíduo de 21 anos foi ontem detido pela PSP de Santarém por ter furtado um veículo em A-dos-Cunhados, Torres Vedras. No interior da viatura foram apreendidos objectos de arte sacra, também furtados. O detido não tinha documentos de identificação e já apresentou dois nomes distintos para si próprio” 

Assim se vê a dificuldade do trabalho de um polícia: prende-se um ladrão de arte sacra, vai-se a ver e o gajo não só não tem identificação, como tem a mania que é dois!

Não admira que seja cada vez mais difícil recrutar agentes para a PSP, nomeadamente nas pequenas localidades. Quem é que quer ser polícia em A-dos-Cunhados e, ainda por cima, ter que levar com ladrões com dupla personalidade?

Neste caso particular, o polícia encarregado da prisão do ladrão teve que enfrentar um problema bem complexo: aquilo que parecia ser um simples furto de um veículo, acabou por se revelar um caso de roubo de arte sacra por indivíduo sem identificação e, ainda por cima, esquizofrénico.

Não há polícia que aguente isto, caramba!

2 thoughts on “Dupla personalidade

  1. se eu fosse psp em a-dos-cunhados pedia já transferência para a Venda Nova . Ainda dizem que na Amadora há muitos ladrões…pelo menos são “normais”.

  2. Mais um de 21 anos… por momentos pensei ” então… isto está a aparecer-me em duplicado?”

    Acho que os rapazes de 21 anos andam estranhos… um rouba 2 pacotes de leite e um comando, o outro é quase um Fernando Pessoa “atraído” por igrejas…
    Qual será a especialidade do próximo artista dessa idade?

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.