David Fonseca versus Santana Lopes

Sou do tempo em que, para assistirmos a um espectáculo ao vivo, tínhamos que nos deslocar a Madrid, no mínimo. E como, na altura, a semanada nem para o tabaco chegava, tínhamos que nos contentar com o que havia. E era pouco.

Lembro-me de, em 1971 ou 72, ter ido ao Pavilhão de Cascais ver os Procol Harum e já fui com sorte. E tive que esperar que o meu filho tivesse barba para poder ver, ao vivo, os Rolling Stones e os Pink Floyd – na companhia do meu filho, claro…

Agora, é à fartazana!

Todos os fins-de-semana há espectáculos, os mais variados. Parece impossível como há público para tantos espectáculos.

E a escolha é difícil. Por exemplo: ir assistir ao espectáculo em que David Fonseca vai cantar, ao vivo, o seu último disco, ou ir ao jantar-debate com Pedro Santana Lopes?

Convenhamos que tomar uma decisão não é nada fácil. Tendo em conta o número de patrocinadores, o jantar-debate com Santana Lopes deve ser mais importante que o espectáculo de David Fonseca – além de que, enquanto o cantor é um tipo sorumbático e que parece levar tudo a sério, o Sr. Lopes é um bacano, sempre disposto a uma chalaça.

Confesso: preferia voltar a ver os Procol Harum…

cartazes.jpg

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.