Cooperação estratégica, uma ova!

Nunca passou pela cabeça de Cavaco dissolver a Assembleia. E Passos Coelho sabia disso, embora tenha feito de conta.

Para Cavaco, dá muito mais jeito que Sócrates continue como primeiro-ministro. Assim, ele tem sempre oportunidade de dar uns bitaites, de fazer umas acusações veladas, de se mostrar como verdadeiro salvador da Pátria. Se o primeiro-ministro fosse do PSD, Cavaco não poderia criticar, ficava-lhe mal.

Acrescente-se o facto de Sócrates não gostar muito (ou nada) de Alegre e temos o menu completo.

Será que sobrevivemos a mais 5 anos de Cavaco?

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.