Até nas santas nos enganamos!

O Diário de Notícias de hoje publica uma pequena local do seu correspondente em Viana do Castelo, Paulo Julião, que revela mais sobre Portugal do que todas as prosas de todos os nossos colunistas consagrados, de Pacheco Pereira a Sousa Tavares.

Segundo Julião, os devotos da freguesia da Areosa têm prestado culto à santa errada, há décadas!

Com efeito, os crentes da Areosa veneram a Senhora da Vinha, pensando que ela representa a cultura da videira e a produção do vinho e, afinal, a Senhora é Ovinea (do latim, “ovelha”).

Quer dizer: agradecem à santa a boa colheita das uvas e o bom vinho produzido, quando lhe deviam agradecer, por exemplo, a boa lã das ovelhas ou a suculenta carne dos borregos.

E depois, vão para a porta da Assembleia da República, exigir subsídios para apoiar a pastorícia.

Um povo que confunde as santas padroeiras, não merece milagres de espécie alguma!

Que vão todos para o diabo que os carregue!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.