As tabelas da ADSE

Os sindicatos estão muito zangados com as novas tabelas da ADSE de comparticipação dos exames.

Eu sou beneficiário da ADSE, como funcionário do Estado.

Agora, se tiver dores na coluna e precisar de fazer fisioterapia, em vez de pagar 10 cêntimos (!) por cada tratamento de ultra-sons ou de aplicação de parafina, terei que pagar a exorbitância de 31 cêntimos, o que equivale a um aumento de 210%!

Bom, se quiser fazer umas análises de rotina, que incluam, por exemplo, creatinina, ureia e glicemia, em vez de pagar 37 cêntimos por cada análise, só terei que pagar 28 cêntimos.

Mas, para os sindicatos, isso não tem importância nenhuma porque, por exemplo, se eu quiser saber se alguma vez estive em contacto com o vírus da gripe e o meu médico me pedir a improvável análise de pesquisa de anticorpos antivírus da influenza, em vez de pagar os 37 cêntimos que esse exame custava, terei que pagar 4 euros e 97 cêntimos, o que equivale a um aumento de 1243%!

Claro que a opinião pública e os órgãos de comunicação social pouco percebem destas coisas e, o que fica, é que os exames complementares, para os beneficiários da ADSE, subiram não sei quantos por cento. E o Bloco de Esquerda, numa jogada de oportunismo, vem logo declarar que o governo tem que acabar com esta ignomínia e repor a anterior tabela.

Quem é que precisa de saber se tem ou não anticorpos contra o vírus da gripe?

E se eu quiser saber, por exemplo, o meu grupo de sangue, será que é muito pagar 50 cêntimos (custava 37)? E um diagnóstico de gravidez por 57 cêntimos (custava 37) é assim tão caro?

Deixem-se de tretas!

3 thoughts on “As tabelas da ADSE

  1. pois. eu só deixo um exemplo!! Eu sou mesmo funcionária publica, sou enfermeira, como funcionária trabalho para o estado, e o estado somos todos nós, logo trabalho para todos…tal como os funcionários das empresas de transporte tens bilhetes mais baratos e ate passes gratuitos, eu n poderia ter acesso gratis aos meus cuidados de saúde??? é uma hipocriasia este país, quando trabalho dignamente, pago ADSE. IRS, imposto sobre alimentação, telefone, casa, carro..etc, etc…e n TENHO DIREITO há SAUDE; EDUCAÇÃO e JUSTIÇA!!!!!

  2. Bom… comparar exames auxiliares de diagnóstico a bilhetes de autocarro é um pouco forçado, não acha?… e “TENHO DIREITO há SAÙDE”, escreve-se “TENHO DIREITO à SAÚDE” – sem agá, portanto.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.