Andar aos figos

E, no meio da consulta, toca o telemóvel.

Já nem protesto.

“Sim, sou eu…” – diz o doente – “Vendo a 2 euros por quilo, mas você pode vender ao preço que quiser… 3 ou 4 euros… Quer quatro caixas?… Está bem, eu levo-as amanhã.”

Desliga o telemóvel e confidencia-me:

“Ando aos figos… as figueiras estão abandonadas e eu vou lá e apanho-os!… faço 100 a 200 euros por dia em figos… O doutor não quer uma caixinha?…”

Cem a duzentos euros por dia?

Que andei eu a fazer na Faculdade, com tantos figos para apanhar?!

3 thoughts on “Andar aos figos

  1. onde é que ficam as figueiras abandonadas ? fónix !

    tem dias que se fizer contas às horas que trabalho nem 30 euros ganho no fim do dia !

  2. Ah pois, o meu pai começou a ganhar a vida a comprar figos verdes que vendia para uma fabrica de fruta cristalizada, ainda o ajudei algumas vezes a apanhá-los.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.