2 thoughts on “A Selecção e os milagres

  1. Caro Artur — desta vez falhou lamentavelmente.
    O facto marcante daquele anuncio é, sem sombra de duvida, a oferta do lenço ungido pelo Apóstolo.
    Num pais em crise, os lenços ungidos não abundam– e a sua raridade torna-os muito valiosos.
    Ainda por cima se jungidos pelo próprio Apóstolo!!!
    E então se fosse um cachecol de apoio à nossa Selecção, ungido pelo Apóstolo,eu arriscaria que o Campeonato estava no papo.
    Bem vistas as coisas, será melhor assim.É bem provável que a UEFA desclassificasse Portugal — por descarada influencia do resultado desportivo. Por muito menos, pode ser isso que venha a acontecer ao FCP.

  2. Confesso, Raul: não sei. ao certo, o que quer dizer «ungido» (espero que não queira dizer «urinado» porque ter um lenço urinado pelo apóstolo pode ser tão importante como incómodo…); no entanto, dada a religiosidade de scolari, por que não acreditar numa influência do bispo Tadeu na actuação da selecção?

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.