A gripá

Manchete do Público de ontem:

“Surto de Gripe A fecha infantários e obriga Governo a pedir vacinas para três milhões”.

Esta manchete merece as seguintes observações:

– duas entidades têm direito a maiúscula: o Governo e a Gripá

– os infantários portugueses que, como se sabe, são para aí 5 ou 6, começaram já a fechar as portas por causa da gripá. Dois já estão fechados! Toma! É muito bem feito que é para os paizinhos das criancinhas não se armarem ao pingarelho e irem de férias para Cancún!

– o Governo preparava-se para comprar meia dúzia de vacinas mas a gripá obrigou-o a pedir 3 milhões de vacinas! Toma lá que já almoçaste!

Com um pouco de sorte, pode ser que o Governo seja dizimado pela gripá e já nem seja preciso fazer eleições.

O Cavaco, se também não for contagiado, nomeia um Governo de Salvação Nacional.

Isto se sobreviver alguém de jeito, porque com tantos ministros e ex-ministros e autarcas que vão ser presos em breve e com todos os outros que vão ser apanhados pela gripá, podemos ter que importar políticos de outro país qualquer.

Portanto, toca a espirrar para cima uns dos outros, a ver se disseminamos a gripá o mais rapidamente possível.

O que isto precisa é de um novo 25 de Abril!

O povo está, com a gripá!

One thought on “A gripá

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.