Versos de esquerda

Poema de militante anónimo do PCP, encontrado num contentor junto à sede da Soeiro Pereira Gomes.

Jerónimo de Sousa
Está toda a gente nervosa
Estamos pendurados afinal
Do teu comité central

A Catarina aprovou
O PS aceitou
Os Verdes vão assinar
E vocês, vão borregar?

Estás velho, um farrapo
E vais engolir mais um sapo
A política é uma trampa
E Cunhal às voltas na campa…

Tags: , ,

Leave a Reply