Urgência intestinal

Os jornais noticiaram: a obra de arte, America, da autoria de Maurizio Cattelan foi roubada no sábado passado do Palácio de Blenheim, na Grã-Bretanha.

A peça integrava a exposição Victory Is Not An Option.

É preciso esclarecer que America é, no fundo, uma sanita.

Mas não é uma sanita qualquer, uma vez que é feita de oiro maciço, estando avaliada em um milhão de libras.

Não sei qual foi a intenção do artista ao criar esta sanita de oiro com o nome de America. Será que nos quis dizer, por interposta loiça sanitária, que a América, apesar de todo o seu poder e riqueza, merece que caguemos nela?

E o que terá motivado o ladrão?

Segundo as notícias, um homem de 66 anos foi detido.

Terá sido uma emergência?

O homem de 66 anos visitava a exposição quando sentiu uma revolução nos seus intestinos. Olhou em redor e não vislumbrou nenhuma casa de banho, mas, mesmo à sua frente, uma sanita lindíssima, brilhante, lustrosa.

Aflitíssimo, o homem pegou na sanita e retirou-se para um local esconso, onde se aliviou. Depois, teve vergonha de devolver o objecto no estado em que ficou… Ainda pensou em protestar junto da organização da exposição: por que razão tinham ali uma sanita e não tinham um autoclismo?

Aqui fica uma sugestão ao artista italiano para uma futura obra…

Tags: ,

Leave a Reply