Troikices

* Se o deixassem, Jerónimo de Sousa aumentava os salários e as reformas, diminuía a idade da aposentação, corria com os banqueiros, taxava as acções, bombardeava as off-shores e diminuía os impostos. Depois, não nos bastava uma Troika – seria preciso uma Perestroika!”

* E não podemos pagar o empréstimo entregando a Madeira à Troika, com o Alberto João lá dentro, claro?

* O PSD influenciou positivamente as negociações com a Troika. Usaram os poderes telepáticos do grande Eduardo Catroika!

* Teixeira dos Santos foi o grande obreiro da negociação com a Troika. Como ontem, durante a comunicação do Sócrates. Entrou mudo e saiu calado. E numa negociação destas, o calado é o melhor…

* Portas sabe assumir personagens: um irrequieto deputado da Oposição, um austero e digno ministro da Defesa, um aguerrido deputado da Oposição, um candidato a primeiro-ministro. Uma verdadeira colecção de cromos. Mas nós já vimos estes filmes. As personagens são repetidas. São cromos para Troika…

* Um político que era contra a vinda do FMI e que, agora, o recebe de braços abertos, é um Troika-tintas!

* Nada de confusões: Louçã já há muito tempo que deixou de ser Troitksista!

Tags: , ,

2 Responses to “Troikices”

  1. Raul Calado says:

    Olá
    Muito grato pelo elogio.
    Mas a minha modéstia obriga-me a discordar.
    Não acho que eu seja o melhor.

  2. Artur says:

    Grande Calado (navios à parte)!

Leave a Reply