A Peregrinação

Fui surpreendido com a notícia de que a Senhora de Fátima ia a Roma.

Como, perguntei a mim próprio? Então a Senhora não está em toda a parte?

Pelos vistos, não.

A Senhora de Fátima está em Fátima e é uma estátua da autoria de José Ferreira Thedim.

E este fim de semana, rumou a Roma.

Foi de Fátima até ao aeroporto, escoltada pela GNR. Depois, de avião, em classe turística, pagou 200 euros pelo bilhete e dois seguranças acompanhara-na. Em Roma, foi de helicóptero até ao Santuário do Divino Amor (nome sugestivo…).

Ora, na minha modesta e blasfema opinião, a Senhora de Fátima, se quisesse fazer uma peregrinação como deve ser, devia ir a pé a Roma.

Não lhe devia custar muito porque, sendo uma estátua em madeira de cedro, o mais que lhe podia fazer era serradura nos pés…

Entretanto, em Fátima, os fiéis peregrinavam em frente a uma réplica da Senhora de Fátima. Ouvi dizer que era a réplica número um e que haveria mais onze.

Estamos, portanto, descansados.

Mesmo que destruam uma, mais onze se levantarão!

Em Roma, o Papa Francisco dirigiu algumas palavras à estátua da Senhora de Fátima, na realidade, ficou mesmo a falar para a estátua, durante alguns momentos e, depois, convidou a igreja a despojar-se e a combater a idolatria.

Combater a idolatria?

Ó Francisco, pá, tem paciência!…