Pacheco Pereira. Quem é? Ninguém!

Pacheco Pereira é o protótipo do intelectual vazio da “inteligência” portuguesa.

Ressabidado, ficou muito zangado com a atribuição do Nobel da Paz a Obama.

Francamente! O tipo é preto, é democrata, é de “esquerda” (à moda americana) e dão-lhe assim, de mão beijada, um Nobel da Paz, quando há tanta gente com tanto trabalho feito em prol da Paz e do Progresso e que não consegue, sequer, ganhar as eleições, como a GRANDE MANUELA FERREIRA LEITE!!!

Diz o patético Pacheco: “o que é que fez Obama a favor da paz, ou melhor, da Paz com letra grande? Nada.”

Pacheco é ridículo. Um cada vez mais barrigudo comentador político que, há décadas, pontifica na rádio, nos jornais, na televisão e que ainda não forneceu uma única ideia boa, não fez um único trabalho positivo, não contribuiu com coisa nenhuma para o avanço do país, muito menos, do mundo – mas que tem sempre uma opinião sobre tudo e sobre todos e é ouvido, é escutado, é transcrito, é citado.

Pacheco, um ex-MRPP que apoia uma fulana como Ferreira Leite para o cargo de primeira-ministra, um tipo que se diz orgulhar de possuir uma vasta biblioteca, não percebe o gesto simbólico dos suecos ao premiarem Obama com o Nobel da Paz?

Então, Pacheco, afinal, é uma fraude porque, no fundo, é burro.

E, sinceramente, eu não acho que Pacheco seja burro – é apenas um tipo banal, que ganha a vida a dar palpites, que nunca produziu nada e que tem acesso aos órgãos de comunicação.

Vou gostar de te ver no Parlamento, pá!

Trucidado!

Tags: , ,

7 Responses to “Pacheco Pereira. Quem é? Ninguém!”

  1. Ramos Pereira says:

    Então explique lá (quer-se dizer cá, à malta) como é que a gente se vacina contra esta coisa!
    Vê-lo no Parlamento…
    Não podemos lá colocar uma placa a dizer “Reservado o direito de admissão”?
    Um abraço

  2. Mas olha que consta que ele tem o único blog importante do mundo.

  3. Artur says:

    Ainda ontem, o inteligente, na Sic, exigiu ser felicitado pelos restantes comentadores porque o PSD tinha ganho as eleições: “Então, ninguém me dá os parabéns?!”, dizia o perito. A meio da noite, já gaguejava e, no fim, deve ter feito de conta que não era nada com ele. Afinal, o PSD só tem mais 7 câmaras que o PS e muito menos votos. Mas já não vi a criatura até ao fim da emissão. Preferi ir ler o meu livro para a cama.

  4. Cascão da Silva says:

    Quem lhe chamou a loura do PSD? Pobres louras.
    Com PP a gordura antecipa o poder quando normalmente é ao contrário.

  5. antonio dias says:

    Eu também acho que o homem não é burro, embora deva dizer que no tempo do PREC eu desconfiava um pouco da sanidade mental do pessoal do MRPP, mas se não é burro, então é intelectuamente desonesto.
    Como é possível relativamente ao caso Cavaco, ele continuar a ver apenas aquilo que quer ver, e a dizer que o Cavaco tem razão. Só ele e o Nuno Rogeiro.

  6. Zfreire says:

    Eu até arriscaria a dizer mais… Se lhe juntarmos o Nuno Rogeiro temos a dupla “quase” perfeita… quase quase…

  7. carneiro says:

    “um tipo banal, que ganha a vida a dar palpites, que nunca produziu nada e que tem acesso aos órgãos de comunicação.”

    Um dos melhores praticantes do desporto nacional: falar sobre o que os outros fazem.

Leave a Reply