O Coiso há uma dúzia de anos

Foi em Novembro de 1999 que meti O Coiso na net, já lá vão 12 anos!

Tal só foi possível graças à Dee, que fez o design da página, e ao Pedro, que me ensinou como fazer. Para colocar O Coiso na net, usava-se o Dreamweaver, se não estou em erro.

Nessa altura, a ideia era recordar textos que escrevi nas décadas de 70, 80 e 90, para as mais variadas publicações e programas de rádio e televisão.

A saber, por ordem cronológica: jornal República, semanários Pé de Cabra, O Coiso e Gazeta da Semana, Pão Comanteiga, programa de rádio, revista e suplemento em A Capital, ainda na rádio, o Contra-Ataque, o Programa da Manhã da Rádio Comercial, a crónica semanal do Raúl Solnado, quer na rádio, quer na RTP, os Intocáveis, rubrica de discos da música pimba, integrada num programa de Paulo Fernando, na RDP, o semanário O Bisnau, os programas televisivos A Festa Continua e Arroz Doce, o programa de rádio Pé de Vento e o semanário Pau de Canela, o programa de rádio Uma Vez por Semana, os programas televisivos A Quinta do Dois e 1,2,3, a peça de teatro Quem Tramou o Comendador?, os episódios iniciais da sitcom Lá Em Casa Tudo Bem, e o programa televisivo Zona +.

Escrevia que me desunhava!

Mas, a pouco e pouco, o Velho Coiso começou a integrar, também, textos a propósito da actualidade e fotos legendadas, geralmente com políticos da nossa praça. Por coincidência, o último Cromo do Coiso publicado no antigo design da página, em abril de 2006, foi de Berlusconi, que ontem mesmo se demitiu.

A partir desse ano (2006), O Coiso mudou-se para aqui, para o WordPress e está muito bem assim.

Mais 12 anos?

Tags:

10 Responses to “O Coiso há uma dúzia de anos”

  1. Parabéns! Um dos mais antigos blogs de Portugal, antes de muitos “iluminados” que por aí andam se lembrarem sequer de vir escrever para a web neste formato.

  2. Respondendo directamente à pergunta, com uma reverência de respeito e admiração pelo trabalho até agora desenvolvido (e não me refiro apenas ao Blog); sim, por favor.

    E daqui a 12 anos, tenho quase a certeza absoluta de que responderei exactamente a mesma coisa :)

    Obrigada.

  3. gmsmc says:

    Sim, sim! Mais doze, vinte e quatro ou quarenta e oito! Este é sem dúvida o meu blogue favorito!

  4. antonio dias says:

    A GAZETA DA SEMANA, boas recordações, gostei desse jornal, teve vida curta. Não sabia que tinha colaborado.
    Parabéns pelo aniversário. Com esse curriculum estava condenado ao sucesso.

    • Artur says:

      Nessa altura, era jornalista da RTP, responsável pela política internacional (facto só possível graças ao 25 de abril – como era possível que o chefe do internacional da televisão do Estado tivesse 24 anos!).
      Por isso – e como era amigo do Joaquim Furtado e do Joaquim Vieira – passei pela Gazeta, onde escrevia textos sobre política internacional, textos sérios, acrescente-se, nomeadamente sobre a guerra civil libanesa, de que era uma espécie de expert (acrescente-se que, naquela altura, ninguém percebia patavina do que se passava no Líbano…)

  5. António Pires says:

    Parabéns! Um ‘blog’ de paragem obrigatória… espero que dure pelo menos mais outros doze anos.

Leave a Reply