Não quero ser uma Carla Rocha

carlarochaAlguém sabe quem é a Carla Rocha?

Foi hoje que vi, pela primeira vez, o seu nome, num anúncio de página inteira, no DN.

O anúncio convida: “Venha ser uma Carla Rocha”.

E por que não uma Sónia Penedo ou uma Tatiana Pedregulho?

Como se consegue ser uma Carla Rocha, afinal?

Pois frequentando um curso, justamente chamado “Curso de Carla Rocha”.

Confesso que gosto razoavelmente de ser quem sou mas se, por acaso, quisesse ser outra pessoa, duvido que escolhesse ser uma Carla Rocha.

Não haverá, por exemplo, cursos de Barack Obama. Agora, o homem está tão na moda, que talvez não me importasse e ser um Barack Obama – uma Carla Rocha é que não. Definitivamente.

Só mais uma coisa: para aqueles – e serão muitos – que não sabem quem é a Carla Rocha, uma última revelação – eu também não sei quem é…

Tags: ,

9 Responses to “Não quero ser uma Carla Rocha”

  1. José says:

    duvido que não saibam muita gente ouve a RFM principalmente de manhã

  2. sara says:

    Se não fazes ideia de quem é e menos ainda do que se trata, para que falas?

    Enfim…têm blogues p’ra se porem atirar coisas ao ar sem sequer saberem do que estão a falar.

  3. Daniel Nogueira says:

    O “Café da Manhã” dura quatro horas por dia, passa há vários anos numa das maiores emissoras nacionais… e nunca ouviste falar?… Pois… chama-se a isto “falta de assunto”, né? Ou isso ou gravas as Tardes da Julia para ver de manhã, imediatamente antes do Goucha….. digo eu, sei lá…

  4. Artur says:

    Ena pá… a Carla Rocha, afinal, tem muitos apoiantes! Quanto à falta de assunto, ó Daniel: o assunto era mesmo esse – por que razão uma pessoa quererá ser a Carla Rocha. E será assim tão complicado que precisa de um curso?

  5. Fernando Costa says:

    O jovem anda um pouco distraido, a Carla Rocha é a locutora do programa da manhã da rádio mais ouvida em Portugal com 2 milhões de ouvintes diários. Dahhh!

  6. Fernando Costa says:

    Artur, ser locutor do programa mais ouvido em Portugal, não deve ser fácil, parece que tiveram mais de 600 candidatas……. porque ser carla Rocha…talvez para trabalhar……dignamente.

  7. Maria says:

    O Querido ou Querida. O Curso também não era para ti.

    Não ouves a RFM, mas se ouvisses irias perceber em menos de nada que o concurso foi viciado para ganhar a concorrente Mariana Alvim. Vejamos, as finalistas foram três: a Rebeca Venâncio, a Mariana Alvim, e a Sandra Nazaré.

    A Rebeca ou Becas ainda tem voz de criança, um risinho forçado, e apareceu com uma adaptação parva duma canção da Ruia Sézamo! Valha-nos santa Quitéria!

    A Mariana Alvim tem uma voz máscula, mas é muito divertida, e deu a vitória às mulheres no Sexo Forte. Gostei.

    Depois ouvi a Sandra Nazaré e fiquei vidrada na voz dela. Uma voz feminina, límpida e cristalina, de uma verdadeira radislista.

    Mas a semana da Sandra foi avançando e as diferenças entre o tratamento que a RFM lhe deu e aquele que foi dado à Mariana tornou-se evidente. A linda voz da Sandra quase nunca se ouvia. Era o Zé a fazer o programa quase sozinho! “Porquê?” pergunto eu! Porque não lhe deram mais linhas para lêr, mais intervenções para fazer? Porque é que não houve igualdade de circunstâncias com as anteriores concorrentes?

    Em conclusão, a primeira candidata era tão má que nem conta. E para provar o favoritismo dado à Mariana basta comparar o tamanho e a quantidade das fotos postadas nos blogues da poágina da RFM de uma e de outra!

    Mais, todas participaram num qualquer evento promovido pela RFM… Todas tiveram uma história extra para contar no seu blogue…Menos a Sandra.

    Não é justo.

    Eu votei na Sandra. E apelo ao vosso voto na Sandra. Mais que não seja, só para chatear o júri, que obviamente vai escolher a menina Alvim! Até ao regresso da verdadeira Carla Rocha gostava de um café da manhã com uma voz masculina e outra feminina, em vez de duas vozes masculinas a fazer o programa.

    A disparidade de tratamento destas duas candidatas é gritante, e revoltante. Para mim a RFM perdeu credibilidade e o Zé o meu respeito.

    Vou mas é ouvir a Comercial, com o Pedro Ribeiro, o Vasco Palmeirim, e a Vanda Miranda (que se juntará aos outros dois quando regressar da sua própria licença de maternidade), e esbarrigar-me a rir com as viagens na maionese (ainda se chamam assim?) e a boa disposição impagável daqueles dois!

  8. Artur says:

    Absurdos, todos estes comentários. Ficam, para a história (com agá muito pequeno…)

  9. carla rocha says:

    Eu sou Carla Rocha, brasileirada gema , nascida na terra onde o Pelé e o Robinho dão show de bola!!!!!!!!!!!!!!!Nascí do outro lado do atlântico e fico extremamente feliz em saber que na terra dos meus ancestrais também há uma Carla Rocha que é um sucesso a ponto de criar polêmicas e concursos!!! Querida, vc. pode até tentar ser Carla Rocha, mas saiba que nascer…é outra estória!!!

Leave a Reply