Não matem o gajo da Telepizza!

Sócrates foi libertado ontem à noite e fica em prisão domiciliária, sem pulseira electrónica, na casa da ex-mulher.

Os jornalistas, profissão nobre e invejada, vão passar os dias e as noites naquela rua, à porta daquele nº33, para ver se alguém entra ou sai.

Hoje, nos telejornais, fiquei a saber coisas importantes para o processo do ex-primeiro-ministro de Portugal, pessoa que nos governou durante 6 anos.

Não, não foram revelações sobre o processo, provas de que o homem meteu ao bolso milhões, fazendo-se valer do cargo que ocupava – fiquei a saber que a ex-mulher vive num duplex, no nº 33 da Rua Abade Faria, no Bairro dos Actores, ao Areeiro, que a casa foi toda renovada por uma empresa do amigo do Sócrates, que também é arguido no processo, que a rua está em obras, que já deviam estar concluídas e que alguém do prédio pediu uma pizza.

telepizzaO filho da puta do Sócrates, cuja última refeição na prisão foi feijoada à transmontana, manda vir uma pizza na sua primeira noite em liberdade!

Falta de solidariedade nacional! Em vez de escolher um prato tipicamente português, o malandro pediu uma pizza! Vê-se mesmo que é culpado!

E depois, o tipo da Telepizza que ia entregar a pizza, nem sequer levava identificação. Está-se mesmo a ver que a pizza levava, como recheio, alguns milhões de euros – mais uma maneira subreptícia do amigo Santos Silva passar dinheiro para o Sócrates.

Se o Carlos Alexandre investigar como deve ser, descobrirá que a Telepizza é detida por uma empresa que está ligada ao Grupo Lena!

Agora, por favor, deixem o gajo da Telepizza em paz!

Quantos aos jornalistas, podem disparar à vontade!…

Tags: , ,

2 Responses to “Não matem o gajo da Telepizza!”

  1. Paulo Coelho Utra says:

    O número trinta e três da Abade Faria fica à Alameda e não ao Areeiro…sugiro mais atenção e rigor nas postas do Sr. Dr..

Leave a Reply